Meu melhor amigo cara tem uma namorada, mas eu gosto dele

Simplesmente CheckMate

2020.11.22 01:49 kionda_movey Simplesmente CheckMate

Essa história é meio longa e não é linear, mas vou me esforçar pra resumir o máximo pra não exagerar aqui. Eu sou homem, tenho quase 20 anos e sou de uma família de classe média muito (muito) tradicional e conservadora. No final do ano passado eu comecei a namorar e aconteceu uma gravidez inesperada (apesar dos precauções), hoje temos um bb de 3 meses.
O que ocorre é que agora eu sou "forçado" a ficar com ela o resto da minha vida, já que temos um filho e tals, e eu gosto dela (hoje estamos de boa) o problema é que eu não sei se ela é "a pessoa" e eu ainda queria conhecer muita gente e aprender com outros relacionamentos; eu já fiquei sério com outras meninas, mas minha atual também foi a primeira namorada que eu assumi.
Eu gosto muito da minha família, daria minha vida por eles, mas tenho que manter uma certa postura por ser o filho mais velho, não tenho a liberdade ou espaço pra conversar com ninguém da minha família sobre isso. Além disso meus pais sempre foram superprotetores e raramente me deixavam sair com amigos (pq eu ia me drogar ou ser sequestrado), o resultado é que tenho pouquíssimos amigos e quase nenhuma habilidade social. Os poucos amigos que eu tinha se afastaram por causa da pandemia, estou em cárcere privado e não tenho uma boa presença virtual. Em resumo, estou sozinho e tenho que guardar tudo pra mim.
Minha namorada gosta de animes e se veste tipo egirl, mas ela não chega a ser otako. Nesse ponto a gente não combina, eu gosto de ler e pesquisar sobre economia e política, ela gosta de jogos online e assistir anime. O resultado é que 99% dos amigos dela são homens que assistem animes e jogam, e como ela joga online, esses caras conversam mais com ela do que eu. Isso me deixa muito mal, eu até tentei jogar mas sou horrível fui xingado a cada 2 seg, então fiquei com raiva e nunca mais joguei.
Ela também sai pra festas, eu não gosto de beber pq já tive muito problema com bebida, e simplesmente não consigo conversar com os amigos dela (em parte por não entender as conversas de shitpost e também por não ter habilidades sociais). Por isso fico em casa sozinho enquanto ela sai com os amigos homens, de saia e cropped. Eu sempre fui muito honesto e odeio traição, tipo krl pode ficar com outras pessoas mas tenha o mínimo de respeito e termine cmg antes se for fazer isso mds. Mas mesmo assim provavelmente ela me trai, eu não tenho provas, ninguém vai me falar pq não tenho contatos e não vou dar a doida de aparecer lá do nada pra pegar ela no flagra. Eu fico muito triste pq ela tem depressão, borderline e ansiedade e por isso ela bebe muito, mas ela está amamentando e eu não posso fazer nada. Se eu falar pra alguém isso vai criar um problema pra ela por umas 3 semanas, depois ela vai voltar a beber, a única diferença é que minha família vai odiar ela e eu vou ficar preso a uma pessoa que todo mundo da minha casa não gosta, então "denunciar" o consumo de álcool dela está fora de questão.
Eu tinha muitos plano pra esse momento da minha vida, queria visitar um tio que mora na Alemanha, ele iria pagar minha passagem e eu ficaria uns 6 meses na casa dele estudando. Tinha vontade de conhecer muitos lugares e me dedicar aos estudos, mas esses sonhos estão acabados pq agora tenho que "ser homem" e trabalhar pra comprar as coisas do meu filho, não consigo me dedicar aos estudos e não consigo fazer outros cursos para desenvolver outras habilidades (sempre quis tocar violão e sou péssimo em excel) pq quando não estou trabalhando nem estudando pra faculdade, tenho que cuidar de um bebê.
Não tenho nenhum amigo pra conversar, não posso sair de casa, me relaciono pouco com minha namorada por gostarmos de coisas diferentes e esse sentimento de ela estar me traindo está me matando por dentro, a desconfiança cresce como um câncer e me dá vontade de abandonar tudo e sumir pra sempre. Não posso falar sobre isso com minha família e pra mim tudo o que eu sempre quis fazer nunca vai passar de um sonho. É como se eu tivesse desperdiçado a "melhor parte da minha vida".
Hoje toda vez que eu encontro minha namorada eu tenho um embrulho no estômago por pensar que ela dormiu com outros caras e mesmo assim eu estou preso a ela. Não vejo nenhuma possibilidade de realizar meus sonhos e metas de vida e nem posso me dedicar aos estudos. Isso não me deixa desesperado nem com vontade de gritar de raiva, é como se eu já tivesse desistido, sem vontade de resistir a mais nada, como simplesmente flutuar em um mar gelado com esse gosto amargo na boca, sem condições de lutar. A pior parte do meu dia é quando eu acordo e me lembro que tudo isso não foi um sonho ruim, e não tem nenhum dia que eu não peça a Deus pra me levar, seja em um acidente ou doença. Eu não estou cansado de uma vida difícil, mas angustiado por ver um futuro longo e infeliz independente da direção em que eu olhe.
Fico feliz em poder tirar isso do meu peito e desculpe se houve algum erro de digitação, obrigado por deixar eu compartilhar essa história com você.
submitted by kionda_movey to desabafos [link] [comments]


2020.11.07 21:54 prosaic_man Eu odeio ser gay!

É estranho, essa é a primeira vez que torno essa condição exterior a mim. Sim, eu sou gay. E como a maior parte dos que sofrem desse estigma, eu odeio isso.

Eu não tenho medo de apanhar da rua por ser gay. Não tenho medo de não conseguir emprego por isso. Não tenho medo que as pessoas virem a cara para mim. Na verdade, eu só tenho medo de acabar exatamente como estou: triste e solitário.

Com solitário eu não quero dizer que sou sozinho. Claro, todos tivemos o convívio social reduzido na pandemia. Estou sempre com meus pais e irmão. Apesar disso, não aguento mais. Não posso falar com eles das coisas que eu gostaria de falar. Eles não tem a minha idade, não tem interesse nos mesmos assuntos. É normal. Já estou farto de todo o resto. Me esgotei dos mesmas coisas. Não que eu não goste de falar sobre futebol ou as notícias, mas eu não quero falar apenas disso.

A verdade é que, quanto mais o tempo passa, mais me sinto sozinho. Provavelmente eu deveria procurar um psicólogo ou um psiquiatra. Nesse caso meus pais pagariam eu teria de dizer o motivo. Fora de cogitação.

É melhor tentar se acostumar mesmo. Passar a maior parte do dia na cama, procrastinando. Abrindo e saindo de sites e aplicativos, sem propósito ou satisfação. Atrasando as tarefas da universidade.

Não posso passar mais tempo com meus amigos. Claro, gosto muito deles e os considero. Mas alguns tem uma vida feita. Estão casados, trabalhando e já não tem tempo de jogar conversa fora. Os mais aptos a manter uma conversa estão jogando online. Claro, eu não tenho dinheiro para fazer isso junto deles.

Mas o que tudo isso tem a ver com o fato de ser gay? Realmente não sei. Não existe relação lógica entre meus pseudo-problemas de jovem de classe média e a minha sexualidade. Só existe esse sentimento mesquinho: se ao menos eu tivesse uma namorada... Mas eu não posso ter. Eu não sinto atração nenhuma por mulheres.

Mesmo que eu rompesse completamente com todos os meus supostos grilhões, ainda sim as coisas continuariam iguais. Lógico, não me comporto como gay. Não compartilho dos interesses da comunidade, muito menos de suas opiniões.

Um completo zero a esquerda. Rebaixado pelo meu próprio cérebro. Um incel depressivo. Eu só queria sair um pouco. Estar em uma roda de amigos. Jogar futebol. Compartilhar meus sonhos, ideias e sentimentos com um amorzinho...

Claro, isso nunca irá ocorrer. É mais fácil afastar aqueles por que sinto interesse romântico. O garoto que gosto atualmente está em outra cidade, provavelmente nem sequer quer me ver mais. Deve me achar mais um daqueles homens que machistas e agressivos. Um canalha, a escória.

Querem um conselho de quem só está sobrevivendo? Eu não tenho nenhum. Nada do que eu fiz foi bom. Nada trouxe progresso. E, nos últimos tempos, nem as recordações me trazem alegria mais...
submitted by prosaic_man to desabafos [link] [comments]


2020.11.01 01:35 silveringking Bongo (Toda a verdade) #abomba

DISCLAIMER: O meu é Carlos, sou um especialista em Open Source Intelligence, e estou aqui no Reddit para provar face a um processo de LSM injusto, que não sou paranóico nem psicótico, toda esta informação foi obtida por meios públicos, sendo eles testemunhos, Internet ou interacções pessoais. Este é um post d'a bomba, podem identificar estes posts com a hashtag #abomba
IMPORTANTE: Comprometo-me a parar com a bomba se tiver direito ao meu julgamento justo. Tem que haver mudanças na LSM. Não é "Os médicos são muito poderosos e mandam polícia.", como já ouviu de um PSP.
Isto é parte de #abomba , eu não tenho ainda os vídeos completamente censurados, vou fazer por partes esta é a parte menos interessante do meu caso. O meu caso não é só um caso são vários, mas fundidos num.
PRELÚDIO
Ok isto tem a ver com o meu caso, kind of, mas é uma coisa à parte, passo a explicar, se lerem o meu perfil já sabem disto mas eu sofro de hipersensibilidade a medicação e de desestruturação psicótica. Eu tive uma crise de desestruturação psicótica em 2019 face a umas ameaças, que só passou em 2020 depois de eu ter dormido umas boas noites de sono, aliado a isto uma médica teve a brilhante ideia de me trocar a medicação, o problema é que mexer me na medicação é como jogar a roleta russa com uma arma com cartuchos em todas os slots menos 1. E eu imediatamente surtei e comecei a fazer pesquisa do meu caso no Bongo, não me perguntem o porquê, eu estava totalmente alterado. Já foi comprovada a hipersenbilidade, não dá como negar, foi comprovado que eu tinha no inicio do ano "tremores nas mãos, problemas respiratórios e gastro-intestinais", não foi notado mas eu tive "estupor químico", quer dizer que a troca de medicação causou me estupor. Declararam as minhas afirmações fantasiosas um pouco por isto, mas ainda bem que isso aconteceu, porque eu agora vou fazer uma revelação bombástica. O BONGO É UM SERVIÇO DE CAPTAÇÃO DE INFORMAÇÃO NAS REDES SOCIAIS EM PLENA UNIÃO EUROPEIA. Desculpem o caps e o negrito, mas vou prová-lo agora.
Ps: Eu gastei literalmente centenas de euros para comprovar isto, se alguém quiser dar me uma contribuiçãozita pela informação, eu aceito. Não estou a obrigar ninguém, mas se gostarem, bem, a NOS não se paga sozinha. Sacar informação a um serviço destes não é fácil.
Nota: NUNCA utilizem o vosso telemóvel neste serviço, eu utilizei um sobresselente com um número por fora do meu.
INTRODUÇÃO
Eu fui apresentado ao serviço Bongo em 2017 pelo Wuant. Neste vídeo aqui. E imediatamente fiquei curioso.
Neste vídeo aqui, um user do youtube desmascara o Bongo como serviço de captação de info. Vou explicar o resumo do vídeo, parece que este rapaz tem uma irmã, e ele postou uma imagem da irmã no facebook, e parece que o Bongo teve acesso à imagem e supôs logo que era a namorada. Com o vídeo deste rapaz eu consegui perceber que ele captava informação nas redes sociais.
Mas perguntem-me. Oh Carlos, como é que tu desconfiaste disto? Bem, em 2017 eu mandei algumas mensagens ao Bongo, esta foi a primeira mensagem que recebi do Bongo, não tinha havido contacto com este serviço antes. Isto aconteceu em inicios de 2017, Só escrevi Carlos Barros, Fafe, e ele imediatamente postou isto:
https://imgur.com/a/QAFy3mL
O gajo por detrás escreveu mal, mas ele comparou um meu cérebro a um disco rígido, onde o "disco rígido" normal tem 4tb e o meu tem 6.5tb, e ainda diz que eu sou o "mais inteligente de todos". Isto foi a primeira mensagem que eu recebi do Bongo na vida, e fiz da minha missão desmascarar este serviço. Quem me conhece sabe que eu tenho uma certa altivez sobre a minha inteligência, ao ponto de me declarar polimata. Eu não me considero melhor que ninguém, mas se me perguntarem se me acho mais inteligente que a maioria eu digo que sim, pois toda a gente me abafava o ego com a minha inteligência, fruto de anos a ser chamado de "génio". Não estou a brincar, eu estou sempre a ser chamado ou de "muito inteligente" ou de "génio". Eu não costumo mencionar muito a minha inteligência, ou pelo menos não costumava até essa altura, mas hoje em dia eu estou numa onda de "fodasse" e digo logo na cara, nem quero saber. O que aconteceu foi que alguém falou comigo ou de mim e disse algo nas linhas do "Aquele Carlos Barros de Fafe é muito inteligente", o Bongo captou isso e imediatamente reportou me. Isto em 2017.
Depois disto eu esqueci o serviço e continuei com a minha vida.
2020
Neste ano, eu face à minha hipersensibilidade comecei a fazer pesquisa neste serviço, devo lembrar que eu estava surtado e não posso ser responsabilizado pelos meus atos. Se virem o meu perfil para trás verão que eu fiz alguns posts sobre este serviço e até achava que uma mulher me estivesse a perseguir. Era a hipersensibilidade a falar mas havia alguma lógica por detrás, nomeadamente o que tinha aprendido em 2017 que o serviço captava informação.
A Procuradora viu isto e disse que eu estava louco e imediatamente arquivou me o caso. Eu não respondi altura, mas fiquei muitíssimo ofendido. Eu sabia que o serviço captava informação, o serviço não é omnisciente, porque no primeiro print eu perguntei a cor dos olhos do meu avô e ele deu me uma resposta genérica, sabem porquê? Porque ele não sabe. Leiam aqui os Termos de Privacidade do Bongo. O Serviço compromete-se a dar informações verdadeiras a não ser que seja alimentado com informações falsas.
" Quando usa o nosso Serviço, vai-nos fornecer, pelo menos, com o seu número de telemóvel (e neste sentido a informação de que operadora e dispositivo móvel que está a usar) e, ocasionalmente, com outros Dados Pessoais como o seu nome e subúrbio. Além disso, também pode fornecer-nos, sem limitação, a sua idade, a sua data de nascimento, gostos, desgostos, preferências, sexo, orientação sexual, religião, origem étnica e/ou o(s) nome(s) do seu amigo/ amigo; em relação aos seus amigos, também pode fornecer-nos mais informações sobre eles (como as que acabamos de descrever) ou qualquer outra informação que voluntariamente compartilhe connosco.[...]"
Além disso o serviço diz aqui como trabalha.
"COMO É QUE O BONGO FUNCIONA?
O BONGO funciona graças a um número de investigadores humanos inteligentes e um aplicativo de software muito sofisticada com um enorme banco de dados."
Tomem isto em atenção pois ele eu vou provar que nem sempre ele fala a verdade, apenas capta informação e interpreta-a.
Quando a Procuradora me declarou as minhas queixas fantasiosas a primeira coisa que eu fiz foi lhe provar a parte mais estúpida da minha investigação, que era o Bongo, que por mero acaso só aconteceu por causa do estupor. Eu dizia estar a ser perseguido por uma mulher face ao Bongo. Talvez houvesse uma mulher atrás de mim por algum motivo, eu fiz um post em maio sobre uma Rita que talvez me estivesse a perseguir e que se chamava Rita. E vou vos provar que este serviço consegue detectar mulheres "interessadas" num homem, pode não ser é como este serviço imagina. E possivelmente até pode haver uma Rita, não posso garantir
SOBRE A PROCURADORA
Agora vou revelar um dado muito importante sobre a Procuradora o nome dela é Ana X (estou a censurar o segundo nome). (Moderação: Para fins de prova eu sou obrigado a revelar o primeiro nome, ela assina com o segundo e não é conhecida pelo primeiro.).
Agora deiam uma olhada nisto.
Yah eu disse "Ministério Público" e disse logo Ana X (censurei o nome, não posso revelar).
Ela costuma assinar com o segundo nome mas não adianta de nada porque o nome completo do Procurador está sempre no topo das cartas que eles mandam. Eu como bom investigador também provei de outras formas que ela estava errada, aliás até descobri informação pessoal sobre ela, motivo pelo qual o MP em Fafe está em prantos e tem medo de mim. (Mais sobre isso noutro post.)
Seja como for eu nunca referi o nome da Procuradora ao Bongo, como raios o Bongo sabe dels? Fácil, a Procuradora ou alguém relacionado anda a falar sobre mim. Uns dias depois até comecei a receber mensagens a dizer que ela tinha mandado mensagens ao Bongo do próprio serviço LOL. O serviço é mesmo muito descarado.
Durante vários meses o Bongo só referia Ana ou X ou Ana X. Até esta semana culminou nisto quando me mandou isto.
Subir na vida? Que subir na vida, eu quero é que me deixem em paz. Mas decidi dar bola mais uma vez.
Outra vez o raio da Procuradora. Eis como acabou desta vez.
Para quem não percebeu eu mandei uma carta em Julho à Procuradora a dizer que o Bongo era um serviço de captação de informação. A Procuradora disse alguma coisa, o Bongo captou e quando eu o enfrentei disse o nome dela.
Mas desta vez foi diferente, eu não costumo chatear o MP com o Bongo, mas desta vez tive de mandar uma carta com estes prints e disse lhes algo nas linhas do. "E então? Quando é que fecham isto? Ps: Eu sei que isto é uma farsa mas no caso de ser minimamente verdade eu não quero nada, estou satisfeito com a minha mediocridade." Esta última parte a negrito, foi mesmo dita.
Mas desta vez teve um twist. Começou com este print.
Após ter mandado aquela carta, logo no dia a seguir disse que a Procuradora ir dar ghost.
Com "dar ghost" ele quer falar da expressão "ghosting". O que o Bongo queria dizer é que a Procuradora iria acabar a sua relação pessoal comigo. Ou seja, de tão assoberbada que estava, ia desaparecer, talvez emigrar para o Panamá, mudar o nome para Carolina Jiminez de Mendonza e dizer que é importadora de banana colombiana para o Canadá. Exagero, mas explica bem o significado de "ghosting" nas entrelinhas. Só há três problemas com isto do ghosting:
  1. Não tenho relação com ela, eu mal a conheço.
  2. Ela não mantém contacto comigo, talvez por receio. (E quando o faz é pelo mínimo.)
  3. Sou assexual.
AS PROVAS FINAIS
Como eu já estava farto, dei uma seca tão grande ao Bongo que o Bongo até me mandou indiretamente calar, e me disse para eu não gastar muito dinheiro. Ele acha que tem uma relação intima comigo, por isso, como eu já sou um GRANDE amigo do bot, decidi fazer as perguntas difíceis, afinal os amigos não escondem segredos aos outros amigos, não é?
Oh Bongo diz lá és um serviço de captação informação, não és? Admite!
Oh Bongo, porque é que tu não és encerrado? Os teus serviços são legais de alguma forma, não são?
Oh Bongo o que tens a dizer sobre a database que declaras no teu site? (SMS anterior mas descensurado) Mentiroso.
Para os mais céticos diz nos lá se isto são mensagens automáticas ou pessoas por trás.
Caso encerrado, o Bongo é um serviço de captação de informação possivelmente havia mesmo uma mulher interessada em mim. Quem sabe. A informação dele parece bem captada mas mal interpretada. De alguma forma existe um loophole nas leis Europeias que permitem este serviço operar.
Ultima pergunta Bongo, o que dizes sobre as minhas capacidades de pesquisa?
Como tu dizes, nunca se deve esconder nada, é pior a emenda que o soneto.
#abomba
submitted by silveringking to portugueses [link] [comments]


2020.10.26 13:45 fckn00 só um desabafo pra me livrar da raiva

Só quero desabafar que odeio muito meu cunhado, ele não cuida nem das coisas dele, imagina dos outros?
*Obs pra entenderem: Eu e minha namorada dormimos juntos todos os dias e revezamos 2 semanas na casa dela e 2 semanas na minha casa, essa situação que aconteceu foi na casa dela.
Ontem de manhã cedo enquanto eu estava dormindo ele manobrou meu carro no pátio/garagem para organizar e esqueceu a janela do motorista aberta, como eu não precisei sair então nem entrei no carro, de noite começou a chover muito forte, agora o banco do motorista tá todo molhado e o carpete também, até algumas coisas que estavam no banco de trás molharam e não tem previsão de sol pra hoje, só amanhã, ou seja, meu carro vai ficar fedendo até amanhã pra poder deixar no sol, fora que eu tenho que vir trabalhar então não da pra deixar o carro aberto pra pegar sol, realmente não sei o que vou fazer. Se começar a feder vou falar pra ele pagar uma higienização no carro e não quero nem saber.
Outro motivo que me faz odiar ele é que ele é muito impulsivo e sempre é descuidado, esses dias o filho dele acabou pisando no óculos dele por que deixou no chão ao lado da cama na sala.
*Obs2: Ele está dormindo na sala da casa dos pais dele pq terminou com a namorada, ou melhor, a namorada terminou com ele, e adivinhem o motivo? -- BEBIDA --! O cara tem 29 anos, tinha um futuro com ela, mas pelo visto o vício alcoólico foi maior do que o relacionamento. Minha namorada odeia ele também, pq antes dele ter ido morar com a namorada dele viviam brigando em casa, pq quando ele bebia se achava o machão e não podia falar um "a" que ele já vinha discutindo, parece muito uma criança quando não aceita um "não" e faz birra.
Eu realmente não entendo esses vícios em bebida, tipo, eu sou viciado em jogos, é o meu lazer, sabe? Mas eu não me deixo levar pelo vício em jogo, se tiver que ficar alguns dias longe eu fico, se eu precisar sair eu saio, se acontecer alguma urgência eu deixo de lado o jogo, não é algo que me prende 100%, mas esses vícios em bebidas é algo surreal, faz o cara brigar com a família, faz o cara ser outra pessoa então pq beber?
Meu pai odeia bebida pq durante a infância dele meu vô batia muito na minha vó quando tava bêbado, meu pai sempre defendia ela e inclusive já bateu nele e foi mandado embora de casa. A partir daí meu pai pegou um ódio de bebida e ele nunca gostou. Já eu não gosto de bebida, mas quando estou com os amigos assim num rolê em casa e tal eu até bebo junto com eles, mas não é algo que eu goste e com toda certeza não é algo que eu gastaria meu dinheiro, prefiro mil vezes gastar com skinzinha em jogo do que com bebida.
Esses dias me deu até uma saudade da brisa que da quando bebe e comprei uma garrafa de cerveja, mas pra verem como não me chama a atenção mesmo ficou umas 2 semanas na geladeira e acabou que minha sogra que tomou kkkkkk
submitted by fckn00 to desabafos [link] [comments]


2020.10.09 04:51 PolyglotSam Apaixonado por um amigo; Talvez haja reciprocidade, mas o contexto é complexo

Isso também é um desabafo, pq ninguém quer me ouvir dizer, mas eu preciso falar.
Eu (19, M, Bi) sinto que eu estou preso, romanticamente preso. Já cheguei a fazer um post em outro sub, há exatos 1 ano, sobre essa mesma situação, e isso me fez ver q eu tô fudido.
Bom, começando do começo. Eu tenho um amigo, vamos chamar ele de Léo, e ano passado eu e ele estudamos juntos no terceirão. A princípio ele namorava uma menina, e isso me fez acreditar que era impossível existir qualquer lance entre a gente. No entanto, há um ano, eu descobri que ele não é hétero, apesar de estar em um relacionamento hétero, mas sim bi. Isso fez minha cabeça surtar com suposições e idealizações de um possível futuro junto dele. E isso não parou, nem por um momento, ao longo de um ano, mesmo sem convívio diário. Só consigo pensar nele quando eu penso em "amor". Eu me sinto feliz na risada dele. E 99% do tempo eu queria estar no abraço dele.
Ele ainda namora essa menina, que por sinal é bem legal. Por isso, eu me sinto culpado por ainda estar gostando dele. E assim, há algum tempo eu resolvi dizer pra ele como eu me sentia - mesmo sabendo q ele estava comprometido - a fim de tentar me sentir melhor, e ver se só assim eu conseguiria seguir em frente.
O ponto é, eu não quero seguir em frente e esquecer ele. Ele não é super bonito, mas é atraente pra mim. Eu gosto do jeito que ele é quieto, mas quando fala, acerta. Como ele escuta os papos que eu tenho pra falar. Como eu gosto de ouvir e falar o nome dele. Eu me sinto 200% culpado por gostar de uma pessoa que já tem um amor. Mas ainda sim, essa sensação me vicia, a sensação de querer alguém. De estar apaixonado.
Alguns detalhes são importantes: Quando conversei com ele, ele foi super compreensivo, me explicou que ele estava namorando e tudo aquilo, mas em nenhum momento ficou zangado/puto comigo. Eu resolvi perguntar pra ele se, caso não estivesse namorando, a gente rolaria, vulgo se ele tinha interesse em mim. E a resposta foi sim. Isso fez com que eu não desistisse daquela esperança, e, consequentemente, da gente.
Eu não desejo mal à ninguém, e é muito longe de mim desejar o fim do relacionamento alheio, então eu optei só por esperar. E, como é bem raro alguém aparecer na minha vida, fez sentido pra mim. O problema é que eu comecei a analisar que eu só tenho atração por alguém se eu estou apaixonado por ela. Isso impede que eu fique com pessoas aleatórias, pq pra mim não faz sentido. Ou seja, como eu gosto dele, eu acabo sendo o cara que fica sozinho, enquanto ele tá lá, com a namorada. Mas isso não tem nada a ver com ele, até porque eu não falei mais sobre gostar dele depois dessa ultima conversa na qual ele disse q a gente rolaria.
Agora, ele tacou gasolina na fogueira: Em um dia que estávamos jogando, ele flertou comigo, tipo, MESMO. Foi uma piada com conotação sexual direcionada a mim. Quando ouvi aquilo, eu entrei em um mini-pânico e não soube o que responder, mas acabei flertando de volta. Desde então minha mente cria histórias e cenários. E eu to feliz em cada um deles. Inclusive, tentando concretizar esses cenários eu escrevi um conto (muitas páginas, mais do que eu me orgulho em dizer) onde a gente realmente tá junto.
Eu só tô tão triste por estar sozinho, isso faz parecer que eu não mereço ser amado, e ter tudo aquilo que os outros têm. Isso me faz achar que nunca, mas nunca, vou ter alguém do meu lado. Cada chabce que eu podia ter na vida não deu certo por algum motivo. Eu to cansado de sonhar, de ter devaneios com saudade do que eu nunca tive. Eu só queria ele.
TL;DR: Me apaixonei pelo meu amigo bissexual que está num relacionamento hétero; mas que demonstrou ter interesse em mim, mostrando potencialmente um sentimento recíproco. Me invovi romanticamente com uma ideia de futuro e isso me fez ficar preso sozinho com meu coração estando nas mãos de outra pessoa. E, aparentemente, eu não quero seguir em frente.
Opiniões?
submitted by PolyglotSam to desabafos [link] [comments]


2020.09.25 14:39 supfresh123 Desabafando e procurando conselhos. 26A M Bi

Me desculpem pelo textao mas eu vou tentar resumir o maximo possivel, mas é bem complexa mesmo a minha situação.

Nunca namorei, mas nao gosto de uma mina faz anos, desde os tempos de escola(por outro lado, a vida social eh quase nula, entao eu nao conheco gente nova ou coisa do tipo) mas a atraçao existe. Ja com menino, a atraçao/curiosidade existia(apesar de nunca insistir nela) mas nunca gostei de nenhum menino, só amizade mesmo.

Até que tudo mudou uns 2 anos atrás, conheci um cara, num jogo, ficamos amigos pra caralho, e comecei a sentir atraçao por ele também. Até ai nada de novo, o problema é que já se passaram 2 fucking anos e ainda gosto pra caramba dele como amigo, no nível da gente não ficar 1 dia sem conversar e tals e contar tudo um pro outro PORÉM a atração não somente ainda existe, como também ela só aumentou nesses 2 anos, coisa que nunca tinha rolado antes, não sei se é por existir essa amizade platônica ou se é a carência msm que chegou num certo ponto. lol

Aí vem o dilema, ele é hetero até que se prove o contrário, tem uma namorada de outro estado, que vê basicamente a cada 2 meses, e ele me diz que só ta com ela pq ele sente falta de alguem pra ficar junto deitado assistindo um anime, e isso acalma ele, que tem crise de panico e ansiedade. etc..
Ele fala muita brotheragem, sei lá, eu sei que é normal demais entre homens esse tipo de brincadeira, só que ele faz bastante mesmo.
"Ah use o gaydar" Cara eu não confio nisso dai não, porque se eu for por ele, eu diria que ele é bi 100%, no minimo curioso(apesar de o fato de eu gostar dele pode atrapalhar nesse julgamento), mas o melhor amigo do irmao dele, e que é também amigão dele, é Bi assumido e eu nunca desconfiei, normalmente acabei virando amigo dele tbm, como do irmão dele pra caramba. Ja viajei pra casa deles(mora em outro estado), viajamos juntos etc.
Ele me chamou já algumas vezes pra irmos numa boate, escolher umas garotas e irmos todos pro mesmo quarto(ele ta nem ai que ele namora), dai eu fui descobri mais tarde que o irmao dele, junto desse amigo deles, fazem direto isso, entao é uma coisa bem comum pra eles entre amigos.
Então esse "sinal" eu ignorei, mas tem tantos outros e eu não consigo diferenciar até que ponto é "normal" entre amigos msm.

Sim, ele é meu melhor amigo, a gente fala de tudo um pro outro, mas eu não tenho coragem de falar com ele sobre ser bi etc.. pq nem pra mim eu tenho isso resolvido.
Mas como eu descubro se ele também tem algum tipo de interesse sem ir direto ao ponto? Por outro lado eu não tenho certeza do que eu quero e se eu estou disposto a arriscar a amizade por conta disso, até pq como eu disse, é o meu melhor amigo.

Eu resolvi deixar rolar, porém já tem 2 anos e nada mudou, entao eu vou ter que fazer algo mas . . o que eu faço!!!?Alguem ja esteve numa situaçao parecida? kkkk
submitted by supfresh123 to arco_iris [link] [comments]


2020.09.18 03:55 MEIXXMO Isso ta desnecessariamente longo hein

Vou falar várias coisas sobre mim nesse desabafo, não é nada interessante então é... só avisando.
Porra, 3 vez escrevendo essa merda hein... é realmente difícil escrever sobre si, porque eu quero anotar tudo o que se passa, mas são tantas coisas... sinceramente seria legal se eu parasse de complicar tudo, porque eu sei que sou eu quem está impondo muros e sendo uma merdinha, saca. Mas fazer o que, to na adolescência, e dizem que é uma fase conturbada mesmo, não?
"Por que você é tão estranha?" "Sua depressivazinha" "seus bostinhas" kkkk, ela provavelmente nem se lembra, mas eu fico aqui remoendo isso, e porra, por que que quando eu me sinto triste e choro, eu fico rindo????? VAI SE FODEEEER ISSO E BIZARROOO
Detalhe: desculpem pelas palvras de baixo calão, normalmente sou muito quieta, mas sei lá, eu sou "doente da cabeça" de acordo com ela, né? Kk porra, to fazendo muito drama sobre isso.... eu realmente queria ser calma do jeito que aparento por fora sabe, conseguir silenciar minha mente enquanto ouço lofi ou sei lá, mas fico lembrando das merdas que já fiz e isso me deixa tão, sei lá, é uma mistura de nervosismo com raiva e tristeza e arrependimento sabe, porque tipo, PRA QUE?! Eu SABIA que aquilo era algo extremamente burro, então POR QUE?!
Caara, sabe, foi com uns 11 anos que comecei a me afastar das minhas amigas, essa época foi uma merda. Eu adorava descontar minha raiva na minha pele, e consequentemente acabei usando moletom todos os dias quando ia pra escola~ kkk, minha mãe tinha vergonha de mim, odiava que que eu deixasse minha franja na frente do olho, mas adivinha, eu não deixava, ela que caía por eu sempre estar olhando pra baixo, e eu também acabei ficando cansada de colocar atrás da orelha. E sabe, até hoje isso é bem conveniente, porque quando eu acabo chorando na sala a franja esconde, na maioria das vezes, NA MAIORIA ESSA MERDAAA
A garota que sei la, eu gosto? Nao? Eu realmente não sei, só sei que quero estar com ela, ou sei la, pelo menos saber que ela está bem, as vezes percebe isso. "Você está bem?" Ela diz "sim" e ela sabe que eu minto, mas como? Eu sou tão mal mentirosa assim vey? Uma vez isso aconteceu num amigo secreto que eu deicidi de forma impulsiva ir, e quando vi como todos eram tão próximos, eu chorei... ela foi, perguntou sobre e eu menti, ae ela chamou o professor ;-; poxa, aquele dia me deixou triste, tipo, sei lá, eu fui muito estranha?? Quando ele tirou minha franja da frente e viu minha cara eu me senti humilhada, nao isso, mas tipo, envergonhada sabe? Ahhh sei laaaa
Minha relação com a minha classe não é das melhores, e por minha culpa. Lá todos são muito gentis, e eu acabo afastando todo mundo ao ponto de ja terem falado que sou "macumbeira" ou "satanista", mas sinceramente eu acho que mereço... antes dos 11 anos, quando eu tinha amigas, eu era mentirosa com minhas amigas, sempre exagerando verdades ou contando mentiras absurdas, me sentia superior a todos, disfarçava minha inveja por ódio e sei lá, quando notei isso eu realmente fiquei em choque... tipo, eu era muito amigável com elas e tudo mas quando eu sentia raiva eu acabava descontando nelas, ao ponto de ja ter deixado uma com dor de cabeça por causa da porra de um jogo. Até hoje me amaldiçoo por isso...
Sabe, eu nem duvido que seja só eu pensando nessas coisas, mas ainda assim... sei lá, me sinto mal perto das pessoas, nunca sei o que falar e acabo sempre mudando a conversa pra um rumo estranho ou desagradável. Eu prefiro muito mais me expressar agindo, tipo, eu já cozinhei doces para uma garota que não sei se gosto no sentido romântico, talvez eu só esteja confundindl porque sou uma virjona solitária ;-; mas ainda assim, adoraria poder conversar normalmente com ela... Enfim, agir é tão melhor, tipo, eu realmente queria chamar alguém pra ficar deitada comigo ouvindo lofi ou sei lá, cozinhando (amooo fazer doce, só sei fazer isso, comida de verdade é saudável demais pro meu gosto Ò ^ Ó kk mas eu ja disse isso né? Hum, acontece) mas é...
Foda que mesmo antes da quarentena, eu não posso sair de casa. Eu realmente odeio esse fato, sei la, queria poder ir no shopping mesmo que sozinha, saca. E deve ser muito reclamação de burguesa, mas ainda assim, odeio, ODEIO o fato de que eu sou atrasada, no sentido de só ter tido permissão pra lavar a própria louça com uns 12 anos ou até mesmo cortar minha própria comida. Ou sei lá, só participar de modinhas adolescentes de forma atrasada e vergonhosa. Eu só faço merda cara...
Sabe, agora eu tenho aquela coisa de controle dos pais porque eu não quis mostrar meu whats pra minha mãe (porque tipo, qualquer coisinha pra minhha mãe já é algo grande) e ela acabou explodindo. Odeio isso, não posso nem mais ter amigos online, e nem conversar com o Italo, um cara que realmente era um amigo foda que conheci por uns 1 ano e meio sabe, era tão hilário passar a madrugada com ele, E DROGAAAAA EU TO CHORANDO AGORA serio eu tenho tanta saudade dele :( mas sei lá, já se passaram uns anos e agora conversar com ele não tem mais aquele clima sabe, de tipo, eu poder falar abertamente sobre qualquer coisa. E se alguém começar com o papo de "ah ele pode ser perigoso e blablabla" primeiro: ele tinha namorada. Segundo: a gente só zoava vey, eu mal falava da minha vida mesmo, a nossa coonversa só fluía...
Bom, sei lá, é inútil ficar pensando nessas coisas mas ainda assim, não dá pra evitar, que hoje as coisas estão tão, tipo, chatas? Não é isso, talvez sem graça? Eu realmente não sei explicar... mas é, dá pra entender o que uma idiota introvertida e rude pensa nessa quarentena né? Eu não duvido que esteja enlouquecendo aos poucos, porque tipo, tá tudo tão perfeito, a gente vai se mudar agora pra uma casa muito melhor, eu tenho uma cachorrinha linda, agora posso mexer no fogao pra fazer minhas coisa mas sei la, eu teimo em ser a bosta que sou, hein, MERDAAAA Sabe Sempre que to sozinha eu acabo aprofundando esses e outros pensamentos, Eu sempre acabo chorando. Ae eu sempre repito: "Acontece" Isso realmente me deprime. Era pra acontecer? É normal isso? Tipo, deve ser, mas ainda assim, é tão doloroso, é tão irritante não poder mais sentir que posso me salvar. Tipo, eu não consigo imaginar meu futuro saca, eu sempre me vejo indo pra sacada aos 18 anos ou indo trabalhar pra uma empresa qualquer e ter uma vida qualquer. Talvez seja algo muito futuro, mas ainda assim, eu TENHO que pensar sobre isso.
Eu sei de todas as minhas falhas, sou chata, orgulhosa, feia, burra, lenta, desonesta e etc. E é por isso que eu me odeio... odeio tirar fotos, odeio fazer provas, odeio ter que me levantar e me esforçar pra qualquer coisa, porque no fim das coisas, nada disso vale o esforço. Eu vou morrer de qualquer jeito, então pra que me importar? Sabe, isso é um pensamento constante que inclusive uso para me acalmar. Eu cochicho um "eu vou morrer amanhã", e surpreendentemente, dá certo! Olha que legal, nossa! ;-;
Enfim, é, também não sei qual o objetivo desse texto, só acabei fazendo mesmo... nah, acontece.
submitted by MEIXXMO to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 22:14 Brit0zera Por que devo ser ADM Gau? O Lucas1 vai te falar!

Se ta no tab aí Bida, se ta no tab aí? Se conhece o DVD do Gustavo Lima? 50 50? Pega o Fallen junta o frag dele, pega o do Brito, junta, sobe 1, escorrega 2, 50, é por isso que eu gosto do Gustavo Lima Bida, o DVD dele da certin. O Fallen gosta muito do Brito, o Brito gosta muito do Fallen, é a dupla dinâmica, o Brito é um monstro, você pode observar aí agora o ping dele meu amigo ta 150 e ele meteu 25 de frag, 25! Aí eu te falo Showtime, o Show o problema é o Showtime? O problema não é o Showtime, o problema é o Brito, o Brito é que joga muito, entendeu, se pode falar o que você quiser meu amigo, a porque berimbau não sei o que, mas mano mermão a verdade tem que ser dita aqui Bida, o Brito é um monstro, insubstituível eu diria! Não tem como, o Pelé é substituível Bida? O Pelé é subst me responde agora fala no meu olho olhando no meu olho. (-Hoje em dia é.) Hãn? Se ta de brincadeira comigo Bida! (-Botar o Pelé pra jogar hoje em dia vai ser mais fácil, eu ganho dele.) Num, o que o Pelé fez na história pro Brasil Bida, eu to com lágrimas nos olhos agora só de lembrar, muitos títulos. (~Risadas do Bida~; - O Brito é inigualável, incomparável.) fenomenal,feroz, um monstro, pega e abraça ele, põe ele no colo, o queridinho da, da SK! O menino que saiu lá de Rezende que a mãe dele é a Laila que é um a umas das melhores pessoas que eu já conheci na vida entendeu, a Laila, o irmão dele também o pai, a namorada Milena, me desculpe Milena porque o Brito é demais; (~Risadas do Bida~; - Pessoal esquece né Lucas que o Brito ja fo, era no Brasil o melhor jogador a pouco tempo atrás né antes da) Num era? Ele é ainda! Ninguém tira esse trono dele a não ser o Coldzera, monstro Coldzera! Sabe o que eu vou fazer Bida, sabe o que eu vou fazer, quando eu ver o Brito? (-Que que você vai fazer?) 𝓾𝓶 𝓫𝓸𝓵𝓪 𝓰𝓪𝓽𝓸 é isso que eu vou fazer, AO VIVO meu amigo AO VIVO! vo vo, vo fazer (-Então fica a dica aí pessoal, exclamação periscope no chat pega o link ai pra assistir) vo desce molhando e vo subi secando comigo é assim Bida, porque o que eu gosto demais desses cara bicho a pain ta jogando muito, ta jogando muito mas mermão se jogo e 11 de rounds 11 rounds 11 rounds 11 rounds do melhor time do mundo top 1, não perdeu o trono o SK é top 1 do mundo entendeu? Top 1, top 1 se fale o que quiser fale fala no meu olho olhando no meu olho que é ou num é fala o que é pra ver se você nao toma um katiau rapaiz, se toma um katiau tendeu, aaa negócio de 16 a 0, 16 a 0 é aa a aa o raio que te parta mermão, aquie aqui é Brasil cara num tem dessa não tendeu eu to meio emocionado se me desculpa pelo tempo aí (-Não ta tranquilo Lucas tamo com tempo aí) É O RAIO QUE TE PARTA tendeu SK é top 1 do mundo (~Risadas do Bida~; É isso aí vamo ver se a volta do Brito continua aí dando alegrias pro público brasileiro SK Gaming Brito que ja me respondeu agora ele chega nos Estados Unidos segunda feira de manhã, se vai recepcionar ele no aeroporto Lucas?) VO LÁ vo lá e ja vo direto pro banheiro co ele, se me desculpa Milena se me desculpa tendeu eu posso porque eu ja joguei co ele eu ja eu sei da das vontades dele (~Risadas do Bida~; -É assim que funciona o os times) Se não sabe o que tem por de trás desse time tudo parece macho mas por de trás deles tem uma mulher meu amigo companheiro estelespectador ele gosta ele gosta e eu vou fazer que ele gosta o que ele gosta eu faço (~Risadas do Bida~ Vamo pro intervalo ~Risadas~ Vamo pro intervalo que ta perdendo a noção).
submitted by Brit0zera to TriboGau [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.08.12 05:25 player_br1 Um ano frustrante

Primeiro vou esclarecer umas coisas Eu to com sono então provavelmente só vou responder amanhã e erros d português é culpa do sono.
Vcs já devem ter lido vários posts assim, mais eu ja to a uns meses querendo falar disso. Esse ano tinha tudo para ser o melhor ou um dos melhores da minha vida, por ter entrado no ensino médio eu mudei de escola, e eu n podia pedir por uma sala melhor, tipo, eu realmente odiava a minha antiga sala, era um nível q tinha dias q eu n ia porque era perda de tempo, os professores n conseguiam dar aula, porém eu troquei d escola e o povo dessa escola é tudo q eu sempre quis, e p melhorar em uma sala d uns 25 alunos só 4 eram homem, então eu estava muito confiante que ia arrumar uma namorada, finalmente eu teria o meu primeiro namoro, só que tipo eu sou tímido p caramba, então nos 2 meses q eu tive de aula eu n fiz amizades "d vdd", as pessoas eram só colegas q eu talvez ja pudesse chamar de amigo. Então a quarentena começou Eu imaginei que ela iria durar pouco, então eu n me esforcei p continuar falando com os meus novos amigos (eu gosto d chamar eles assim), e quando as aulas online começaram, eu basicamente dormia a aula toda, então resumindo mt, eu n fiz amizades direito durante o primeiro semestre, algo que me fez mt mal, eu posso ter alguns amigos da antiga escola q eu realmente gosto, porém eles estão cansados, eles tiveram férias quando a quarentena começou, basicamente só isso aconteceu ate julho JULHO Eu dei sorte, tive férias o mês todo, durante esse mês ocorreram muitas coisas, primeiro, eu comecei a passar grandes períodos de tempo sem falar com nenhum amigo meu, como eu disse eles estão exaustos e tudo ta virandi briga, eu me apaixonei por uma menina da minha sala (pretendo falar com ela amanhã, nem sei como nem oq), me apaixonar eu nem sei como isso começou, ela é uma das pessoas q eu chamo d amigo da escola nova, durante as aulas antes da quarentena eu só a via como uma pessoa legal, principalmente pq eu achava ela feia, eu n sei oq mudou em mim, mais agr eu quero namorar com ela. Continuando julho, eu fiz aniversário, 16 anos, como eu n falo a data dele p meus amigos eu só recebi parabéns dos meus amigos mais antigos e da minha família, um tempo depois o amigo mais próximo do meu pai morreu atropelado, sendo bem sincero, isso não me afetou muito, porém eu nunca tinha visto o meu pai daquele jeito, até hoje eu to preocupado com ele, pq no final das contas o cara que morreu era um amigo da época da faculdade, mais p final do mês eu voltei a falar todo dia com os meus amigos da antiga escola, e para terminar o mês descobriram que a minha tia tem câncer de mama. Agosto O mês começou agr mais isso n importa As aulas online voltaram, eu to tendo prova todo dia e tendo a acordar cedo, com a volta as aulas eu interajo um pouco mais com a minha sala, mais n muito, eu fico com medo de falafazer bosta e afastar todos, e também a pessoa q eu me apaixonei deixa a câmera ligada durante a aula então o sentimento so fica maior. Esqueci de falar, porém antes de julho eu comecei a montar modelos d aviões e essas coisas, eu terminei um avião (IL2) e agr to montando um tanque (tiger 1), provavelmente essa foi uma das únicas coisas boas q sairam da quarentena, é bom fazer algo q n seja estudar, jogar videogame e assistir anime.
Bem se vc leu tudo parabéns vc tem mt paciência, mas obrigado por ler, eu to a uns 2 meses pensando em escrever isso e só hj tive vontade.
submitted by player_br1 to desabafos [link] [comments]


2020.08.04 04:44 DocDepamine Meu melhor amigo começou a namorar e outro tá apaixonado

9 anos de amizade e ele transformou uma amizade lá de 2017 num namoro faz quase um mês, outro tá de flerte pra lá e pra cá com uma mina que conhece há anos, uma mudança bem grande pra quem tá solteiro desde o começo da vida. Como qualquer bom amigo, eu tô feliz demais pelos doido e não desejo nada além de que sejam as mulheres das vidas deles. Mas caralho, o cara solteiro sente aquele aperto né?
Amo os dois demais e posso ficar dia em cima de dia conversando com eles que não chego nem perto de enjoar, mas eu fico pensando: será que isso vai afetar muito nossa amizade? Que afetar, óbvio que vai, mas será que vai ser de um jeito agressivo, será que vai ser de boa ou será que nem vai parecer que mudou? É um bagulho que martela um pouco antes do cara ir dormir, principalmente depois de ouvir do meu primo que o melhor amigo dele mudou da água pro vinho desde que começou a namorar. Conheço a namorada e a paixonite dos caras e são super gente boa, mas ainda fica essa batida no cantinho da mente.
E também bate aquela carência, né? Eu não tô apaixonado em ninguém, tô de olho em ninguém, (obviamente) namorando ninguém, mas é foda ver todo mundo se amando e sendo amado enquanto nem pretendentes se tem, tirando a intensificação desse sentimento por vários por cento graças à quarentena. Falei com um amigo pegador e ele me falou de só começar a conversar com qualquer uma e tal, mas acho esse bagulho ideia errada e não sou nada fã dessas relações de duas semanas, que se for pra ser alguma coisa que seja uma coisa que pelo menos um futuro eu possa ver.
O negócio que eu mais ouço quando falo sobre estar solteiro é auto-suficiência e se você ia comentar isso, valeu pela preocupação mas nesse quesito eu tô de boa. Eu me acho um cara bem de boa, gosto do cara que eu sou e já me acostumei com essa solteirice crônica faz tempo, mas era (bem) mais fácil quando os amigos também tinham. Agora tem aquela mini ansiedade prejudicial, aquele sentimento de ter ficado pra trás amarrando o cadarço enquanto o pessoal foi andando, aquela coisa de "rapaz, será que eu só não bati santo com ninguém ou tô só de cu doce mesmo?"
Ao mais, tô bem de resto e quero só felicidade pros meus casinhas, mas pra mim também que todo mundo tem que ser meio egoísta ás vezes.
submitted by DocDepamine to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 20:43 Wooden_Statistician3 Tudo que falo só piora e só queria que voltasse a ser como era antes

Desabafo. Há alguns meses casei, depois de menos de um ano de namoro. Apressado? Com certeza. Mas as circunstâncias meio que pediam. Ela veio de uma família extremamente quebrada e tóxica. Vivia sozinha há alguns anos, dependendo de auxílios de faculdade, parentes que só sabiam reclamar de estar ajudando, etc. Ela tem depressão profunda, e não tinha nem como se tratar.
Quando a conheci ela estava namorando, mas um namoro só de fachada, pois na verdade ele era abusivo e não deixava ela terminar, sob ameças contra a própria vida por parte, e à vida dela por partes de parentes dele. Durante boa parte da sua vida, a chamaram de feia, estranha, etc. Na faculdade as coisas mudaram, e começaram a enxergar a sua beleza, ficou com vários, mas sua auto-estima baixou tanto ao longo da vida que ela aceitou namorar com essa cara, sem nunca de fato querer, e acabou presa nesse relacionamento por mais de 2 anos.
Eu só tive uma namorada, há mais de 10 anos, e um crush forte até alguns anos atrás, o qual acabou em inimizade total. Sempre percebi que não era interessante pra nenhuma garota, na aparência, e nunca tive qualquer desenrolar pra "chegar". Depois de namorar, tomei gosto, e tentava. Porém do meu jeito tímido e, claro, ineficiente. Anos disso me fizeram perceber que não havia porque eu ficar insistindo em "achar alguém", se fosse acontecer seria no dia-a-dia normal, ou quando eu realmente me melhorasse como pessoa. Foquei então na minha educação e no profissional.
Um dia ela, ainda em namoro abusivo, falou comigo pelo Whatsapp, tarde da noite. O meu racional dizia pra eu ir dormir, pois a pessoa responsável e profissional dorme cedo e acordar cedo (ou assim deveria, pelo que dizem). Mas algo me fez querer falar com ela, mesmo que ainda de forma um tanto fria, admito. Papo vai, papo vem. Como parecia ser só uma amizade, eu falei abertamente com ela, inclusive quando ela perguntou de relacionamentos/crushes passados.
Semanas depois, ela termina o namoro e diz que gosta de mim. Pela primeira vez em muitos anos volto a sentir aquilo que senti no primeiro namoro. E ficamos, e namoramos, e tudo foi muito intenso. E então casamos, para que ela pudesse ter acesso ao meu plano de saúde como dependente e tratar, principalmente, da depressão, pois várias noites a vi chorar pelo seu passado que ainda atormenta o seu presente: ela não consegue nem mais estudar e boa parte das tarefas domésticas ficam pra mim. Mas havia tudo pra melhorar, não havia? Infelizmente, tudo mudou um dia.
Ela acordou e disse que sonhou que eu falava que eu achava aquele meu crush forte (Fulana) de alguns anos antes mais bonita que ela. Depois de algumas horas, como se perguntasse algo banal, ela perguntou se achava mesmo. O problema: eu considero a Fulana bonita, mesmo nível, mas o sentimento que existe é pela minha esposa e, obviamente, ela me é "a mais bonita". Mas ela não aceitava esse tipo de resposta, ela queria que eu respondesse de forma crua. Eu, que sempre procuro ser honesto, correspondi. Como considero as duas de mesmo nível, foi difícil. Conseguia lembrar de momentos onde uma estava mais bonita que outra, mas não chegava a "vencer". Uma certeza eu tinha, e continuo tendo, minha esposa tem a maior capacidade, ou seja, consegue ser a mais bonita. Mas ainda assim minha resposta não foi suficiente: ela dizia que eu estava enrolando, com medo de dizer a verdade. Não entendi do que deveria ter medo afinal, pra mim, a resposta mais direta e crua não fazia a menor diferença nos meus sentimentos para com ela. E, se eu estivesse raciocinando direito eu teria percebido a armadilha bem ali na minha frente, mas eu caí nela quando ela novamente exigiu a resposta direta e crua: ou ela ou a Fulana. E eu falei a Fulana.
E, de repente, ela começou a me atacar. Dizendo que eu acho a Fulana "linda e maravilhosa" e ela feia (quando pra mim ambas tão no mesmo nível, e pra mim ela vai ser sempre a mais bonita, pois é ela que eu amo). Que meu sonho era que tivesse dado certo com a Fulana, mas que ela foi o que deu (quando ela, e somente ela, que conseguiu reacender meus sentimentos, mesmo quando tudo dizia que não valia a pena sonhar com isso (afinal ela tinha namorado, etc.). Eu tentava explicar meus sentimentos, mas nada adiantava. A frustração, a angústia tomou conta e então, a raiva. Raiva de como algo que estava morto no passado, voltou pra me assombrar. Raiva de que algo completamente irrelevante no meu presente, e portanto nosso presente, estava ali, destruindo nosso casamento. Pois ela começou a querer ir embora, anular casamento, se separar. E na tentativa de melhorar as coisas, eu sempre piorava. Acabei falando palavras (que pra mim não teria tanto significância se ela dissesse), mas infelizmente pra ela tinha: disse que ela estava sendo "idiota" por insistir tanto nas afirmações desses ataques e desconsiderar completamente o que eu sinto e falava. Só estava tendo "amenizar" a situação, segundo ela. E que no fundo, eu queria alguém """melhor""" que ela.
Isso foi uma tarde. Ela eventualmente parou quando percebeu o quão mal eu estava. E claro que eu estava. A pessoa que eu amo e por quem eu faço tudo, praticamente "inventou" um motivo pra me atacar. E daí que numa análise crua e racional, naquele ponto específico da história, a Fulana havia "vencido" no concurso de beleza entre as duas. Grande bosta. Minha esposa continuava sendo bonita, e pra mim e meu amor, a mais bela. Era ela que realmente havia gostado de mim, era ela que quis casar comigo, era ela que me acompanhava nos filmes de sábado à noite, era ela com eu me via vivendo pra sempre do lado. E de repente, parecia que nada mais disso iria se tornar realidade e por quê? Por algo que nem ao menos mudava o que eu sentia em relação a ela e nunca iria.
Durante o final da noite, eu tentei dormir, mas não conseguia. Tentei assistir vídeos de "como lidar com a pessoa amada em depressão". E ela começou a chorar do meu lado, muito. Larguei o vídeo, abracei-a. E ali as gentes se aceitou novamente. Ou assim parecia, porque poucos minutos depois, ela pergunta, inocentemente, se eu acho minha irmã mais bonita que ela. E o fato é, se eu dissesse que não seria uma bela duma mentira, e mesmo que eu achasse, ela diria que eu estava falando aquilo só pra agradar. E eu, O idiota, achando que estava tudo bem de novo, respondi que sim. E novamente ela começou a me atacar. E POR CAUSA DA MINHA IRMÃ!?
Atualmente eu me considero forte pra aguentar essas coisas, mas não dava mais. Ela quebrou minhas defesas com esses ataques. E tudo que ela me falava soava como "EU TE ODEIO". E eu aceitei esse ódio dela, pois, afinal, ela devia estar certa. Eu sou uma pessoa com 30 anos, aparência ok, mas que não tem amigos e só teve uma namorada antes dela. É óbvio que tinha algum problema, o problema de que eu era detestável. Eu sempre tentei demais ser prestativo e tudo mais, mas quando o assunto são sentimentos eu nunca consegui transmitir isso. Abraço minha mãe quatro vezes ao no: aniversário dela, o meu, dia das mães e natal. Sempre um abraço bem "desengonçado". Eu noto isso, mas sempre foi assim, e eu não sei mudar. Eu sei o que eu sinto, mas minha demonstração é e sempre vai ser insuficiente. E por isso todos ou acabam por me detestar ou se afastar de mim. Mas eu realmente pensei que com ela seria diferente.
Alguns dias se passaram e as coisas até foram melhorando. Até que cai tudo de novo. Ela conta pra uma pessoa, que mal conhece, que eu achava que ela na praia não ficava tão bem quando dentro de casa. Sim, eu havia falado algo do tipo, quando no começo da discussão ela pedia pra eu ser mais direto. Oras, ela tem umas manchas, gordurinhas a mais, etc. do que a fulana. Eu me sinto menos bonito do que um cara que não é assim, mas nem por isso me acho feio, ou ache vou sempre ser inferior. É só eu cuidar disso. E se não cuido, é porque tenho outras prioridades. Da mesma forma com ela. Não acho ela feia, nem menos bonita, só relatei o óbvio. E se ela não quiser cuidar, ou não conseguir cuidar, não é problema pra mim. Eu casei com ela pelo pacote completo. E assim como eu, ela também vai com o tempo perder pontos na aparência. E assim como eu, espero que ela ainda me ame, ainda me ache bonito, com eu continuarei amando ela e achando bonita. Mas não importa eu falar isso. Pois ela quer sempre dizer que tudo isso que eu falo é balela, enrolação, agrados, etc.
Pelo meu jeito detestável de demonstrar sentimento ela perdeu totalmente a confiança nos meu sentimentos, a ponto de nada o que eu falo valer mais. Ou talvez, no fundo, ela espera que eu seja pra sempre tão bonito quando ela acha atualmente, e quando eu não foi mais, ela vai me trocar por alguém que envelheça melhor. Mas se eu falo isso pra ela, ela bate o pé pra dizer que pra ela é completamente diferente, que o sentimento dela é real, mas que o meu? O meu é de mentira, porque assim ela decidiu. E ela ainda diz que eu mereço alguém ""melhor"". Mas o fato é, que ela se estiver certa, o que eu mereço é desaparecer. Pois o meu eu que ela odeia, é o único eu que existe. E se ela não é capaz de amar esse meu eu, e insiste em brigar, está mais que na hora de ela admitir o que está bem na frente dela: ela não me ama. Não mais. Só espero que não tenha sido nunca. Porque pior que ver tudo se destruindo e não poder fazer nada, pois nada do que eu falo impede, pelo contrário, piora, e ficar calado não é opção, então que pelo menos não tenha sido tudo uma mentira.
E hoje ela do nada veio falar que tá com medo de engordar, pois, segundo ela, eu falei que iria querer outra se assim acontecesse. Eu nunca falei isso, assim como nunca falei outras coisas com as quais ela vem me atacando. Mas o pouco que eu digo, se transforma num muito na cabeça dela. Eu não aguento mais. Eu peço pra ela parar, mas ela insiste em, nas palavras delas, "me colocar contra a parede pra botar as verdades pra fora". Mas do que adianta isso, quando ela já decidiu o que é verdade e o que é mentira? Nada, e por isso eu só queria que ela parasse. Que não pelo amor que ela supostamente sente por mim, mas pelo menos em consideração a tudo que eu fiz por ela.
Pois agora eu já não sinto nada. Um nada que não me permite nem ao menos dizer o que sinto por ela. Mas enquanto eu quero acreditar que ainda amo ela, ela insiste. Eu novamente pedi pra ela parar, e afirmei que não sei mais se gosto dela, mas que se ela realmente me ama, ela tinha que parar, e me deixar sentir novamente. Mas meu medo é que ela continue (ela está passeando com uma amiga nesse momento), pois se ela continuar o pior vai acontecer. O amor vai virar ódio. A vida vai virar morte. Figurativamente (apesar de temer, e muito, que aconteça literalmente para ela).
submitted by Wooden_Statistician3 to desabafos [link] [comments]


2020.05.19 07:09 GabrielCy54 Aproveitando as últimas 24 horas antes dos 17

Olá Reddit, esse é o meu primeiro post oficial no Reddit (sem contar os comentários nos posts de outros users) e bem, normalmente eu prepararia algo no bloco de notas antes de postar qualquer merda, mas decidi fazer um "freestyle" do desabafo, ou seja, preparem-se para muita merda...
Bem, amanhã, dia 20 de maio de 2020, farei meus 17 anos, e como estou em quarentena, tenho muito tempo para bostejar sobre a minha vida, e tbm tenho tristezas para desabafar com alguém, por isso a proposta do sub é muito interessante, enfim, comentário aleatório, mesmo assim, a ideia de desabafar coisas tão pessoais para estranhos na internet é algo assustador para mim, principalmente agora q estou pesquisando bastante sobre privacidade e criptografia.
Eu n gosto muito dos rumos q a minha vida têm levado, no 3° ano do fundamental eu era uma criança isolada e já estava tendo meus primeiros contatos com a solidão, tenho até uma professora q disse pros meus pais q eu tinha umas brincadeiras estranhas pq eu brincava sozinho no recreio... no 4° ano eu conheci um amigo q futuramente iria mostrar ser um merdinha q apenas me tolerava perto dele, mas acho q isso deve ser abordado em outro post.
Sempre fui bastante carente e cresci acreditando q precisava de um amigo para ser feliz, logo, depositava sempre a minha felicidade nos outros e aprendi da pior forma q isso é uma coisa completamente ruim para a saúde mental. Fui aos poucos me destruindo por dentro, chegava da escola e percebia o quanto eu estava sozinho no mundo e q minha existência era algo patético, sei q devo agradecer à Deus, afinal, pelo menos tenho um lar, comida e uma família, mas quando vc tem uma saúde mental completamente fudida, até as coisas mais superficiais acabam se transformando em um problema grave.
Mesmo assim, a solidão e a carência ainda se mantém, e algo q essas pessoas percebem é q, mesmo cercado de pessoas, ainda assim o vazio existe e é assim q eu sinto. Provavelmente a culpa é minha, como sempre, porém eu sou tão inútil q n vejo de forma clara como resolver a merda da minha vida, apenas tento adiar a bomba q está plantada e q uma hora vai estourar. Desde o final de 2017 eu vinha dando sinais de depressão, eu tava levando a vida no tranco e na época eu tinha uma namorada e ela era o meu pilar pra n desabar (lembram da parte de depositar a felicidade nos outros? Então...), aí um dia ela terminou cmg, de início eu tentei levar a vida normalmente, mas aconteceu algo q me fez ver o quão merda eu sou, e aí juntou todos os problemas e o término do namoro e o meu mundo desabou.
17 anos e o meu objetivo ainda é o mesmo: ter sucesso na vida, em todos os sentidos possíveis. Eu cresci em um ambiente onde eu n passava necessidades mas ao mesmo tempo eu n pude ostentar algo, ao contrário das pessoas próximas à mim, e tipo, por eu ser criança e n ter muita noção de pensamento filosófico, eu achava algo muito massa ostentar e q a luxuria era oq eu queria, e n é exatamente isso, mas sim ter sucesso na vida. Tanto financeiramente, quanto socialmente e profissionalmente.
Eu me cobro bastante e sempre quero melhorar a cada dia e ser a melhor versão de mim mesmo, me inspiro em caras fodas como Tesla e Newton q era gênios da ciência, Mark Zuck, Musk e tantos outros bilionários jovens q tiveram sucesso no mundo do empreendedorismo e até mesmo o Aristóteles q foi um puta filósofo q criou novas áreas do conhecimento como a biologia e a economia, sem falar em Jesus Cristo q é até mesmo um exemplo de inspiração para ateus q apreciam os ensinamentos do (na minha crença) filho de Deus.
E tipo, principalmente nessa quarentena, eu vejo o quanto q eu fiquei mais inútil, isso desde 2019 q passei a estudar menos e, mesmo com algumas pessoas dizendo q sou inteligente, ainda assim n acredito e acabo me comparando à outras pessoas e fico com a autoestima lá no chão, bem fundo mesmo.
2018 foi o ano mais produtivo q tive, até pq, por causa da depressão e tals, eu fui ocupar a minha mente com algo e me joguei de cabeça nos estudos, foi muito massa ir pros aulões do colégio e de noite tinha aulas focadas em olimpíadas científicas, estava contente em saber q estava fazendo algo da vida, mas eu ainda n achava q era o suficiente... e aqui no DF temos o "PAS" q é um programa pra facilitar a entrada dos alunos na UnB, é tipo o ENEM só q é divido em 3 fases onde fazemos apenas a prova do ano q estamos fazendo, e o PAS me sobrecarregou tanto q quando terminei a prova, resolvi tirar férias de tudo por 1 semana, só q acabei fazendo merda e agora sou bastante procrastinador, antes eu estudava regurlamente toda madrugada, agora eu tenho poucos momentos onde eu fico empolgado com algo pra estudar, aí depois de uns dias de estudo, eu paro os estudos, enfim, tenho problemas.
Além disso tudo, eu nunca tive facilidade com relacionamentos, algumas barreiras como a timidez eu já venci, mas ainda assim tenho outros problemas, acho melhor tratar disso em um outro post.
Enfim, acho q já escrevi bastante, n espero q este post tenha muita atenção, afinal, outra característica minha é o pessimismo e sempre acredito q o pior vai acontecer, especialmente cmg, e além disso, é de madrugada, n sei se tem muita gente q fica aqui no Reddit de madrugada. Agradeço a quem leu até aqui e se quiser, pode comentar qualquer coisa aí, até mesmo uma ofensa gratuita pra eu rir (sim, eu acho engraçado piada de ofensa gratuita) e bem, é isso... Fiquem com Deus!
Agora irei aproveitar as minhas últimas horas como um garoto de 16 anos com psicológico fudido e q fica vendo shitpost na internet pra esconder as mágoas da vida.
Até a próxima, pessoal!
submitted by GabrielCy54 to desabafos [link] [comments]


2020.05.02 00:14 NoiteAmorosa PROCURO NAMORADINHA

EU QUERO UMA NAMORADINHA: redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, jogadora de lol, jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gamer, furry, fujoshi, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar tambéme tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam fotos com short curto, decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educacióncon seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by NoiteAmorosa to DiretoDoZapZap [link] [comments]


2020.03.11 07:38 thefamousodraude saudades de quando eu nao era vivo

bom, não sei se aqui eh o melhor lugar pra falar sobre isso mas pouco me importa. a mais ou menos 2 anos atrás eu, do nada, me afastei de todo mundo do meu condominio(5% do motivo disso foi por causa de lol pq na epoca eu tava viciado). eu sempre tive muitos amigos, principalmente na minha infância... todo dia que eu chegava do colégio eu me trocava e ia jogar futebol/conversar com os amigos. já até tive uma namorada nesse tempo. to com 15 anos, sei que sou novo pra caralho e alguém vai falar que ainda tenho a vida toda pela frente, mas esse não é o ponto aqui. o problema é : eu realmente me afastei de tudo e todos, nos primeiros dias eu nem me importava pq eu ficava jogando, mas a longo prazo isso foi me consumindo e eu nem sequer me sentia solitário, eu achava normal aquilo. pode ser normal pras outras pessoas, mas pra pessoa que eu era na época era meio estranho. um mlk que saia todo dia, do nada, sumir... até, nas raras vezes que eu saia, meus amigos brincavam cmg "tu tava preso era mah?" e eu ria e nem me importava. hoje em dia eu fico lembrando daquela porra do passado que foi a melhor epoca da minha vida. eu entro no facebook só pra ver as postagens/conversas antigas, de como o mundo era mais fácil... aquele pessoal do condominio parecia, realmente comigo, eles gostavam das mesmas coisas que eu. eu fico vendo postagens do meu irmão, que por sinal provavelmente teve uma adolescencia melhor q a minha (eu sei que ainda sou adolescente, mas fodase tá uma merda isso). eu literalmente só gosto e me interesso por coisas do passado agora. musicas são só metal/rock dos anos 80's 90's e 00s. o pessoal da escola que eu estudo são a maioria mimados, que não tiveram uma infância como a minha e por isso eu não gosto muito das atitudes deles, mas fazer oq né, tenho que respeitar. eu tenho até que mts """"amigos"""" no colégio(não sei se posso considerá-los amigos). eu só queria sei lá, fazer algo q amigos fazem q é sair, se divertir, ir pra algum lugar sei lá... mas não, o pessoal quer combinar de ir no OUTBACK PORRA VAI SE FUDER VELHO. além disso, eu já tentei voltar a sair aqui no condominio mas a maioria da rapazeada "old school" se mudou e etc. eu não to ligando mais pra nada na vida ultimamente, eu to um merda total cara e eu reconheço isso. minha vida é : ir dormir tarde, acordar 11h, ir pra escola, chegar em casa 8h da noite, cansado pra krl, nao estudo direito, nao saio e so tenho os caras do colegio pra conversar. os caras nao gostam das mesmas coisas que eu, nao tem nada em comum e eu nao consigo encontrar a porra de uma alma que goste de fazer oq eu gosto também. eu sou bom com todo mundo, mas esse pessoal ""mimado"" nunca viveu metade do q eu(não que isso me torne superior, eh so um desabafo de um merda na vida). bom fodase nem eu sei mais oq to escrevendo nesse post. odeio minha vida adeus;
submitted by thefamousodraude to u/thefamousodraude [link] [comments]


2020.03.01 21:02 DarKadaTa Achei que me sentiria melhor escrevendo pra vocês do Reddit

Oi, pessoal. Boa tarde. Então eu to 5˚ período do curso de Direito, moro numa república e faço estágio na 2˚ Vara Federal da minha cidade e tenho 22 anos. Muito embora eu tenha notas dignas daquilo que os alunos chamam de bolsa mérito, um estágio remunerado e uma namorada incrível, eu me sinto tão incapaz e incompetente. Eu já fui até monitor de Direito Civil, dava aula no lugar do professor pra mais de 60 pessoas e pipipipopopo. Mas ultimamente eu acordo muito mal e passo o dia inteiro no meu quartinho escuro chorando e soluçando. Me da vontade de desistir de tudo, de sumir, de me fazer desaparecer pra que tudo isso, enfim, acabe. Eu gosto do curso, sabe? Me identifico e tal. Eu só não sei lidar com estágio, faculdade e relacionamento tudo ao mesmo tempo. Confesso que me sinto incapaz de lidar com qualquer coisa.
E cara como eu queria ter amigos. Não necessariamente no plural, mas alguém com quem eu pudesse ser eu mesmo e sair pra conversar e dar risada. Alguém em que eu pudesse me apoiar nos piores momentos e comemorar nos melhores. Alguém ou uma galera pra ficar jogando a noite toda como nos velhos tempos. O que eu não daria pra ter amigos... é, também, por essa razão que eu vim aqui no Reddit. Não tenho mais ninguém pra me ouvir ou ler. Não falo com a namorada porque não quero pôr meus problemas sobre o relacionamento, até porque ela já tem os dela pra resolver. Já consultei um profissional, e na verdade o vejo uma vez por semana para discutir esse tipo de coisa.
A verdade é que eu já não vejo mais minhas qualidades mesmo sabendo que elas existam. Meu barquinho ta tão cheio de água que eu, sinceramente, não vejo a hora dele afundar duma vez.
Desculpe se esse não é o tipo de post que se faz aqui, mas eu acho muito difícil de escrever em inglês e queria muito desabafar, sabe? Achei que me sentiria melhor se desabafasse aqui... só isso
submitted by DarKadaTa to desabafos [link] [comments]


2020.01.15 05:35 kingsvell Nunca imaginei que viria escrever algo aqui mas dessa vez, cheguei no meu limite...

Então, desde ja começo pedindo desculpas pelos palavrões e pela forma que vou escrever, provavelmente com muitos erros de português pois escrevo isso com muito ódio e muita tristeza em mim...
Assim, sei que vou ser julgado aqui, mas antes que me julguem, deixa que eu faço o trabalho pra vocês, vai ser mais fácil: Eu sou literalmente UM BOSTA inutil. Eu tenho 29 anos e estou pra completar 30 esse ano, estou numa fase terrivel no qual eu não consigo um emprego tem mais de 7 anos, o último emprego que eu tive foi um "estágio" no qual fui tratado por quem me contratou da forma mais escrota possível.
O que eu mais desejo na minha vida era poder sair da casa de meus pais mas, infelizmente, meu fracasso é tão grande, mas tão grande que eu ja não sei mais o que fazer. Sou formado em Publicidade e propaganda em bsb e no meu ultimo ano de faculdade, basicamente, todas as agencias fecharam pois só existiam escritórios aqui para fazer licitação pq a legislação obriga. Pedi, basicamente, de joelhos a uma "amiga" influente daqui pra me ajudar e nada aconteceu. Mandei meu CV pra ela e eu acredito que ela simplesmente cagou pra mim.
Tentei fazer bico de Uber ano passado porém eu achei aquilo tamanha humilhação no qual não dei conta é basicamente um trabalho escravo e a população faz seu carro de lata de lixo. Se eu consegui fazer 100 reais liquido foi muito! Resultado: Fudi (no sentido de desgaste, depreciação mesmo, nada sério) com o carro que por sinal era de minha mãe, minha mãe não podia saber na época pois tinha tido um AVC e hoje quem acabou cuidando dela sou eu (não tenho do que reclamar disso, mas eu ja não tenho tempo pra mim, pra fazer as pouquissimas coisas que eu gosto pois tbm tenho uma namorada no qual me consome demais, mas não venho aqui reclamar dela.).
Muitas das responsabilidades de casa ficaram sobre minhas costas ja que antes minha mãe fazia tudo aqui em casa. Eu tenho um irmão porém ele trabalha loucamente e é extremamente na dele. Ficaria extremamente feliz se ele ajudasse mais dentro de casa, mas a única pessoa que ele ajuda é a namorada dele que ele trouxe da pqp pra morar aqui e ela ja não ajuda muito aqui em casa e acabou que tirou boa parte de minha privacidade.
Dado um pouco de contexto venho aqui mostrar o porque que eu sou um bosta: Nada adianta você tentar agradar todo mundo que todo mundo pisa em ti. Tentei seguir na carreira de fotografia porém me fudi, sou realmente muito bom mas depois de um certo tempo percebi que não tem como competir com o povo do ramo pois eles fazem questão de te FUDER de verde e amarelo OU quem procura um trabalho de fotografia sempre vai ter um sobrinho pra fazer. Tentei juntar minha formação com a fotografia e também deu errado, apliquei mais de 10 fucking vezes a um dos studios que fazia trabalhos para Caixa, BB e etc, o filha da puta me chamava só pra trocar uma idéia sobre equipamentos e me dispensava. Desisti de tudo e tentei seguir carreira na aviação, coisa básica mesmo, atendimento ao cliente, recepção o que esses agentes de aeroporto fazem, porém, não sei porque, ja tentei mandar currículo escrito que eu tinha ensino médio completo, ensino superior completo, mas, com apenas 3 porras de cias aéreas nessa merda de país fica foda de conseguir uma bosta de emprego, as vezes parto do pressuposto que alguém com ensino superior não vai aceitar o salario que eles oferecem, mas né, pra quem não ganha bosta nenhuma e é sustentado pelos pais, o melhor a se fazer é ganhar 500 conto pra trabalhar meio periodo, sei lá... Mandado cv pras cias e NADA, nenhuma posição. OU seja, em algum momento da minha vida eu fiz uma cagada absurda que não consigo mais porra nenhuma, saca? É uma frustração do qual não tem tamanho.
Eu sei que tem uma galera numa situação muito pior, uma situação muito escrota mesmo... Eu frequentei o Centro internacional de Reabilitação Sarah Kubitcheck acompanhando minha mãe, não reclamo da minha situação quando eu vejo a galera lá toda lascada... O que eu acho foda, pra mim, é que eu não consigo crescer na minha vida! Eu to pra perder outra namorada porque eu não consigo sair de casa, porque não consigo ajuda-la a pagar as contas dela e até mesmo as minhas!
É uma frustração enorme no qual a única saída que eu vejo é o suicidio mas o bosta aqui nem isso consegue fazer! Ja tentei ligar pro CVV e o que eu sempre recebi era uma ligação caindo do nada ou nunca sendo atendido. Ja tentei 3x, na 3a eu fui internado em uma clinica psiquiatrica (2014). Eu não sou de bsb sou do rio, deixamos tudo para trás, perdi todos os meus amigos, fiquei doente, tentei fazer novas amizades aqui mas pelo visto em bsb ninguém quer ser seu amigo se você é sustentado pelos pais ou não é funcionário público.
Eu tento conversar com meus pais sobre isso, sobre as minhas frustrações e eles acham que é babaquice da minha parte porque eles acham que é o objeto de desejo que causa minhas frustrações e não o "big picture". Eu explico: por exemplo, preciso de dinheiro para comprar algo, seja o que for. Eu ODEIO pedir aos meus pais isso logo eu fico frustrado por conta de não conseguir tal coisa... Aí meu pai fica emputecido por achar que se ele me der tal coisa tudo vai voltar a ser o mar de rosas. Eles não entendem que não é o objeto, o tangível, é o fato de eu não conseguir meios próprios para eu conseguir determinada coisa! Uma viagem, um objeto de valor, qualquer coisa... É uma merda depender deles.
É muito ruim se sentir um bosta, não poder crescer com nada, sentir que todo mundo está crescendo e você ficando pra trás. Eu nunca fui bom em estudar, não sei estudar, não passaria em nenhum concurso público, para vocês terem idéia, meu terceiro ano foi em uma escola que ninguém tava nem aí pra nada, o dono só queria o dinheiro mesmo pois reprovei o segundo ano duas vezes. Meus sonhos, todos, ja foram por agua abaixo. Ja desisti de ser pai pois ja não tenho mais condições fisicas e psicolgicas pra isso, nem financeira, né?
Tentei ao máximo tirar nacionalidade portuguesa pra tentar a vida em outro país, mas o dinheiro acabou e o ânimo também depois de ver relatos que mesmo você tendo a documentação, as pessoas nos outros países vão te ver como lixo. Eu to sem perspectiva de vida NENHUMA.
É dificil lidar com meus pais que não olham o que deveriam olhar pra mim, aceitar uma pessoa que não ajuda em casa e que tá com problemas na familia e nào fazem nada, eu não conseguir um emprego pra poder me virar, ouvir sua namorada o tempo todo falando que você precisa arrumar um emprego que ela ja tá velha e que precisa casar logo, minha mãe que não entende o quão fracassado eu sou que depois de formado (2013) em 2016 eu tentei análise de sistemas, em 2017 eu tentei nutrição e 2018 eu tentei psicologia e todos esses cursos deram errado para mim, fica forçando que eu tenho que achar um emprego, porra meu, se eu não dou certo em bosta nenhuma, vai ajudar ficar forçando isso?
Eu moro numa das piores cidades do DF com relação a fazer amizades. Sou uma pessoa que pensa MUiTO no próximo, que não gosta de incomodar, que trata bem, que respeita, mas na cidade onde eu moro é só bolsominion, é só gente estúpida fazendo estupidez, hoje eu quase fui atropelado porque o babaca entrou na contra-mão. Assim, é um lugar onde o povo só olha pro próprio nariz! Eu não nasci pra essa cidade e eu não nasci pra esse mundo. Eu espero que, daqui a alguns dias eu consiga fazer aquilo que eu mais quero pois eu não estou aguentando mais ter que dividir apartamento com gente que não gosta de mim (namorada do meu irmão), não gosto de ficar dando despezas pra meus pais, me sinto um lixo quando eu peço dinheiro a eles, um homem de 30 anos na cara pedindo dinheiro pra papai e pra mamãe? Eu so um lixo de pessoa... Sei lá.
Se você leu até aqui, cara, tu é muito foda, saiba disso. E desculpe o texto grande e bagunçado, é uma ilustração de como minha insatisfação com o mundo tá. Eu começo um assunto que vai puxando o outro nada a ver e que depois volta. Sei lá. Terapia é uma coisa que não funciona pra mim, pois desde a época que eu fui internado, ja passei por mais de 10 psicologos e nada. NADA. Hoje eu tomei uma decisão de simplesmente sumir. Apaguei todas as minhas contas em rede social com exceção da bosta do facebook que ainda tem alguns dos meus jogos conectados a ele, vou procurar trocar meus numeros também. Eu nao quero mais ser encontrado (apesar de ninguém me procurar mesmo), e simplesmente conseguir o que eu mais quero que é pular da janela do sexto andar. Pois o inutil, bosta, o escroto (como a namorada do meu irmão me chamou no TT sem eu ter feito NADA a ela e sempre oferecer as coisas a ela), o babaca aqui cansou, saca?
Desculpe pelo texto. Bom dia, galerinha. :)
submitted by kingsvell to desabafos [link] [comments]


2020.01.09 03:21 dns-silva Eu queria meu amigo de volta

Sabe quando uma pessoa, que há algum tempo era tua metade, teu amigo pra tudo, aquela pessoa que fazia teu dia melhor e menos pesado, do nada, vira um estranho? Bom, como que eu vou explicar mais ou menos isso? Vamos lá. Eu tinha um amigo, há uns 2 ou 3 anos atrás, com quem passei boa parte do tempo convivendo. Olhando assim, eu acho que o meu eu de 7 anos atrás nunca diria que seríamos amigos. Éramos diferentes em tudo. Gostos, "classe social", hobbies, grupo de amigos e etc. Um belo dia comecei a conversar com ele sobre alguns filmes que gostava, e achamos coisas em comum nisso. Ele me indicou filmes e séries, e eu fiz o mesmo, e desde então, eu e ele sempre tínhamos muito assunto para conversar. Animes eram o ápice da conversa, e ele sempre me falava sobre One Piece e o quanto o anime ficava bom no 653° episódio. Isso tudo em 2014. Eu havia perdido meu pai em 2011, e meio que acho que nunca superei esta perda. Em 2014 eu encontrei uma caixa aqui em casa, com fotos, anotações e etc que pertenciam ao meu pai. Desde esse dia eu fiquei muito tocado e passava o dia quase inteiro pensando nele. Meu pai era um homem muito bom pra mim e eu tenho certeza que se hoje ele fosse vivo, estaria orgulhoso do filho. Nessa época eu estava descobrindo minha sexualidade, mas meio que tinha muita vergonha de assumir ser gay no meu círculo de amigos e isso ser motivo de piada e chacota. Esse meu amigo não, um dia resolvi contar para ele e a reação dele foi de me apoiar, e de dizer que ficava feliz por eu ter finalmente me encontrado. Ele sempre foi um cara muito bom. A gente passou 2 bons anos convivendo todo santo dia no colegial. E por mais que a gente não fosse tão igual, ele sempre fazia questão de me incluir em todas as saídas da turma dele, de me enturmar e fazer eu ter mais amigos e ser menos antissocial. Minha família não tem muito dinheiro, e as vezes ele me emprestava dinheiro para ir ao paintball ou cinema com o pessoal. Eu falava com ele sobre absolutamente tudo. E ele me ouvia e me entendia. Nem sempre tinha uma resposta pronta pra me dar, mas sempre me dava conselhos que eu sei que eram pro meu bem. Ele também sempre me confiou muitos segredos, e eu sempre fui 100% sincero com ele em tudo. Um dia, em 2015, ele começou a namorar uma garota da turma. De início tudo mil maravilhas, a dupla virou trio e eu virei vela, mas nem me importava, eu agora tinha dois melhores amigos. Eu nunca havia falado pra namorada dele sobre minha orientação sexual, por vergonha, mas um dia, em uma brincadeira, ela me perguntou e eu falei sobre ela. Ela achou legal, disse que sempre quis ter um amigo gay. Só que dá água pro vinho, em questão de semanas, ela começou a mudar comigo. Me ignorava, falava coisas ruins sobre mim, sobre eu querer roubar o namorado dela e dizer que eu gostava dele. Eu nunca gostei desse meu amigo em relação amorosa. Ele sempre foi como um irmão pra mim. Foi quando chegou o momento que eu mais temia, ela praticamente fez ele escolher entre o amigo e a namorada. Ele, óbvio, escolheu ela, mesmo dizendo que não faria essa escolha. A gente quase não se falava tanto quanto antes, ele se estressava comigo mais fácil e eu acabei entrando em uma depressão. Voltei a ser um cara introvertido e calado. Não saía mais com a turma, não participava das rodas de conversa, tudo por que eu sentia o olhar ruim da menina que ele namorava sob mim, e as vezes ouvia as coisas que ela falava sobre mim pros outros. Quando o ensino médio acabou e fomos pra faculdade, nós nos distanciamos, eu e meu amigo, e consequentemente eu e a tal namorada dele. Estamos na mesma faculdade eu e ele, mas em cursos e turnos diferentes. Eu as vezes vejo ele no corredor, ou passando por algum auditório. Eu as vezes vejo as postagens do casal no insta dele. Mas faz tanto tempo. Isso tudo eu passei em 2016, e de lá pra cá eu tenho estado tão sozinho que só agora me deparei com a nova "imagem" que minha mente criou dele. Olhando fotos antigas, me pergunto se realmente aquilo tudo foi real, e eu um dia tive um melhor amigo. Eu acho muito bonito, sabe? Duas pessoas, independente do sexo, serem amigas a ponto de poder contar com aquela pessoa para o que der e vier. Eu queria muito poder um dia conversar com ele de novo. Falar sobre como eu me sinto, mas isso é quase impossível. Ele agora trabalha , tem uma rotina corrida e os velhos amigos da turma são os únicos amigos do passado com quem ele ainda sai, visita, conversa. Soube que até tem um grupo no whatsapp. As vezes eu acho que eu não existi ali naquele meio. Não sei se realmente me importo, mas é como se eles tivessem me apagado da memória. E o que mais me dói, é que eu sinto que ele também me esqueceu. Lucas, se um dia tu ler esse relato, eu queria dizer que sinto muito pelo que nossa antiga amizade se tornou. Talvez tenha sido minha culpa. Eu sinto muita, muita falta mesmo de ter alguém pra conversar as vezes. Eu tenho sonhado algumas noites com cenas daquele tempo. Com as vezes que eu chorei por causa de crises familiares e tu tava ali, do meu lado pra me dizer algo que me ajudasse . Eu não sei se um dia eu vou ter um melhor amigo de novo. Eu queria muito. Mas eu espero, de verdade, que tu esteja e seja muito feliz na tua vida toda. Bom gente, é isso, obrigado por me lerem.
submitted by dns-silva to desabafos [link] [comments]


2019.12.19 03:30 dishonoredbr Eu não aguento mais...

Sério, eu realmente desgosto dos meu proprios pais porém não consigo falar na cara deles porque eles provavelmente se matariam. Eles claramente me amam mas não consigo passar o mesmo sentimentos para eles. Não
Backstory rápida: Meu pai e minha mãe ficaram juntos por 22 anos , meu pai sempre bateu nelas e nunca fui tão bom quanto minha mãe queria q ele fosse. Ela traiu meu pai e meu pai traiu ela , meu pai começou a usar drogas pesadas junto da mulher que ele pegava e minha mãe foi em loucura da culpa aonde ela fez perdeu dinheiro pra esquema e bateu o carro do meu pai. Até perdeu o anel que meu pai deu pra ela.. Meu pai bateu muito nela quando ela contou.. Um dia ela bateu com uma gaveta nele , abriu um buraco na cabeça dele , eu precisei ajudar.. Passei boas e poucas com eles. Sempre tentei parar os dois mas nunca consegui.
Eu realmente peguei desgosto dos dois mas eles gostam de mim e se importo comigo, então eu não consigo falar para eles que não gosto deles. Então evito falar com os dois além dos necessários. Fico com minha mãe e trabalho com meu pai em uma empresa que ele fez para mim tomar cuidar quando eu tivesse capacida, já que eles não querem que sai de perto deles ainda , já que eu só tenho 21 anos ( quando eles se separaram eu tinha 18) e eles odeiam ou não confiam em ninguém na família deles pra ficar comigo ou me ajuda, já que os resto da famílias são tão fudidas quanto eles..
Eu realmente não sei o que fazer. Eu odeio ficar pertos dos dois já que meu pai é usuário de drogas fudido ( já até me bateu uma vez, e só não revidei pq era meu pai) e minha mãe até hoje não consegue esquecer meu pai , e frequenmente me pergunta dele e de quem ele fica , eu ODEIO falar isso com ela mas ela não para de perguntar. Claramente não é bom pra ela...
Eu odeio essa situação mas não tenho auto estima nenhuma, vontade nenhuma de melhorar, fazer faculdade nem nada.. Só quero paz... E nem tenho pra aonde escapar pq minha família é inexistente, não tenho amigo próximos além de 2 colegas de trabalhos e meu primo que é maconheiro e quer ir pra Portugal. Não namoro , não tem a menor chance já que eu bao tenho carro , todo meu tempo tô trampando com meu pai então não tem namorada nem namorado pra ir.. mal consigo falar com pessoas que não conheço por mais de um 1 mês no mínimo.
Eu atualmente só quero ficar só com meus jogos e vídeos, isolamento é minha única válvula de escape... Eu odeio essa merda de vida mas não tenho coragem de me matar... Eu só quero paz e ficar sozinho. Odeio essa merda. Acabei de brigar com minha mãe odeio esse lixo de vida.. tbm não gosto de mim , mas não tenho interesse em mudar. Eu realmente só quero ficar sozinho msm com emprego merda comigo mesmo, não aguento mais.. Ficar sozinho tracando no meu quarto é melhor parte do meus dias.
Desculpa por isso. Eu simplesmente não aguento mais e precisava escrever..
submitted by dishonoredbr to desabafos [link] [comments]


2019.10.09 00:50 MidnightMoon77 Eu nunca estive tão confusa

eu nao sei se tenho que avisar de alguma forma, mas eu falo um pouco de um relacionamento abusivo no meio do texto, entao se vc nao gosta de ler essas coisas, pula esse aqui eu recentemente fechei pela primeira vez na minha vida um circulo de amizade real em que eu me sinto parte 100%, o que me ajudou muito na minha depressão, porque eu tava me sentindo muito muito sozinha e morrendo de medo de em alguma crise fazer alguma merda, o problema é que, tem dois meninos nesse grupo, o primeiro eu fui apaixonada desde que eu conheci ele, ele tirou meu bv e minha virgindade, mas quando eu contei pra ele que gostava dele ele foi super grosso e tal, mas nós eramos estupidamente novos, entao eu perdoei, sem problemas. só que hoje em dia ele se sente culpado porque ele gostava de mim tambem só era inseguro demais pra aceitar namorar comigo, e por eu ter ficado super sensivel emocionalmente, eu acabei entrando num inferno chamado relacionamento abusivo, onde eu fui espancada, estuprada, ameaçada, machucada em todas as formas possíveis, (porém graças a deus eu consegui sair), e ele se sente culpado porque se ele nao tivesse negado, ou ao menos me tratado como gente, talvez eu nao tivesse passado por isso, a gente voltou a ficar e tal, mas ele não se sentia que conseguiria lidar com um relacionamento, o que era de boas, eu entendi totalmente, só que dai ele me apresentou pra um amigo dele, porque ele queria que "alguém melhor que ele cuidasse de mim", o menino é super legal, a gente ja se relacionou algumas vezes e tal, só que eu estou estupidamente machucada ainda, e ele por ser inexperiente nao consegue entender direito porque algumas coisas do nada são gatilhos pra mim, mesmo eu sendo clara que por exemplo, (TW) eu sei que eu beijo mal porque todas as vezes que eu beijei alguem, ou foi a força -como foi meu bv-, ou foi com meu ex, que nao me beijava porque dizia que eu nao era digna, e que quando ele resolvia me beijar, ele mordia meus labios ou minha lingua até sangrar, e isso é uma insegurança enorme pra mim, mas ele nao parece entender. E além disso, nossos amigos ficam muito muito em cima, todo mundo me chama de "namorada do xxxx" e vem perguntar pra ele no role "quem é tua namorada que as pessoas falam", o primeiro cara, o que era apaixonado ta ajudando ele a comprar alianças pra me pedir em namoro, mas eu nao sei se eu quero sabe? eu gosto dele, mas romanticamente e sexualmente a gente não encaixa direito por causa do meu passado e de como isso me afeta até hoje, e eu não sei se ele vai aguentar uma menina tão bagunçada assim como primeira namorada, eu sei que eu vou acabar aceitando por pressão de todo mundo na minha volta, mas eu sinto que só vai machucar ele, e eu não queria mais machucar ninguem eu nao consigo chamar ele pra conversar sem estar todo mundo em cima, entao nao consigo falar sobre isso pra ele tambem, eu só nao sei o que fazer
submitted by MidnightMoon77 to desabafos [link] [comments]


2019.07.17 19:20 FilhodeOdin Fim de uma amizade de anos, orgulho ou tenho razão?

ALERTA DE TEXTÃO
De um tempo pra cá não falo mais com meu melhor amigo, nos conhecemos desde a 8º serie, hoje temos 23 anos, tudo ocorreu quando ele começou a namorar um cara de um app onde ele conheceu alguns meses atras, ele vinha desabafar comigo como sempre quando acontecia algo, e era normal entre a gente, creio que como em todas as amizades, nisso um dia ele veio falar de quando o ficante dele (antes de começarem a namorar) começou a tratar ele de um jeito ruim, seco, grosso e desdenhando dele, e também de um jeito possessivo como se ele não pudesse conversar com certas pessoas, como se mandasse nele, então eu aconselhei a tomar cuidado com esse relacionamento, pois se ele for uma pessoa toxica não vai trazer bem nenhum a ele, nisso varios desabafos rolaram entre varias intrigas deles, e eu falava pra ele tomar cuidado e terminar com ele, mas que era so uma opiniao minha para o bem dele, que ele mesmo assim poderia escolher a decisão que ele quisesse.
Nisso em 1 mês que se conheceram já começaram a namorar, até ai fiquei preocupado pois o namorado dele não parecia uma pessoa saudável pra ele, mas como eu sempre disse, a decisão era dele, então, como melhor amigo dele, falei pra ele colocar em um grupo do whatsapp de amizade nosso, onde era eu, ele e uma amiga em comum, pra eu conhecer melhor o namorado e fazer uma amizade, nisso brincamos e fui super simpático com ele, apesar de ele ter se demonstrado meio seco de inicio, e eu entendi que talvez seja por timidez, fui dormir, até que 4h da manhã recebi uma mensagem do namorado dele no privado me falando milhões de palavrões e coisas, de inicio não entendi nada, achei que era brincadeira do Alan (meu amigo), mas como as mensagens não paravam de vir eu resolvi acordar melhor e ver o que era, era mensagens dele dizendo exatamente:
"E ai fudido, beleza? Me fala qual a sensação de ficar se metendo na relação dos outros? dando opinião sobre uma pessoa que nem conhece? ta ficando doido? Até ontem tava afim pra porra de te conhecer mas agora tu é um cuzao, depois de ler o que tu escreve pro alan tuas opiniões e saber que como você, quero que você se foda, ta com ciume do teu amigo cara? toxico aqui é você, a unica pessoa que vejo como possessiva e abusiva aqui é tu, com medo de perder uma amizade dando palpite no relacionamento dos outros.." e foi assim por umas varias mensagens falando varias merdas
De inicio fiquei puto e não sabia como reagir, mas por respeito ao meu amigo resolvi falar de boas com ele, resumindo falei que realmente não conheço ele e que o que opinei foi por conta de coisas que ouvi sobre o Alan e que foi apartir dele que tirei minhas conclusões já que ELE quis a minha opinião, já que me preocupo com ele e você não tem nada a ver com isso, por isso mesmo que queria te conhecer, pra ver o seu lado e como você era.
E assim foi, ele me xingou pra caramba, falou um monte de coisas e quando fui falar com o Alan, o namorado me respondeu pelo celular dele também me falando bosta, o Alan viu e brigou com ele mas continuaram juntos, passando o pano pra ele e dizendo que eles mechem um no celular do outro, porém senti que minha privacidade foi invadida pois tinha muita coisa intima minha nas mensagens, coisas do tipo desabafos de suicídio, depressão e ansiedade que possivelmente tenho.
Passou uns dias e o Alan ficou meio estranho comigo e eu comentei isso com ele, ele disse que enquanto eu e o namorado dele estiver na vida dele, nos dois vamos ter obrigação de conviver um com o outro, e isso me deixou puto e chateado, nisso o namorado dele vem de novo me mandar mensagem escrevendo: " Bom dia Jonas beleza? Então cara relaxa que não vou te ofender, ainda não - quem quer te conhecer agora sou eu, me procura pra gente bater um papo de homem pra homem, o capitao aqui fiscal do Alan como tu diz nas mensagens (nas mensagens em privado com o meu amigo) quer falar contigo pessoalmente, afinal não somo moleques né" eu ignorei ele, e ai ele vem com mensagens me ridicularizando e debochando dos meus problemas me chamando de depressivo, isolado, anti social e tudo mais, e isso me afundou de mais, eu fiquei mal pra caralho, chateado e puto com o Alan por ter permitido um cara tao random e toxico fazer isso, sendo que claramente ele queria passar o pano dizendo que o namorado nao estava nem errado e nem certo em suas atitudes de proibir que ele me contasse as coisas do relacionamento, dizendo que brigaram por ele ter vindo falar comigo mas nada alem disso mudou pois ele veio me ofender novamente.
Nisso passou 1 mes e os dois estavam bloqueados em tudo, a Anne, a amiga em comum, me mostrou ele dizendo pra ela que eu que dei motivo pra isso tudo e que eu sempre fiz isso com todas as amizades que tive, sendo que ele sabe que as amizades do passado que tive e que cortei foi por que eram pessoas escrotas, um agredia a namorada, outra fez o mesmo que ele fez agora e outros me falaram merdas quando estavam bebados , e por conta dessa conversa entre ela e ele que me ela me mostrou, resolvi sumir, até que então o Alan veio aqui, hoje no caso, veio querer conversar comigo e tentar esclarecer, mas continuando dizendo que entende os dois lados e nao entende o por que de eu ter parado de falar com ele e sumido, mostrei as conversas do namorado dele sendo escroto comigo, dei toda minha visão e de como eu fiquei puto e chateado por ele simplesmente (na minha visão) ter ficado nem ai com isso tudo, discutimos e tudo e ele diz que eu também fui errado em ter sumido e agido como se a amizade dele não valesse nada, sendo que foi ele quem priorizou um relacionamento de um mês, nisso antes de ele ir embora, ele perguntou o que seria da nossa amizade agora, e eu disse que não sei, que seria com o tempo, mas que se ele quisesse falar comigo seria por ligação ou vir ate aqui, então ele disse que não teria como desse jeito se for pra eu fazer assim, e eu disse que se ele continua com o cara então não me sinto a vontade pra continuar conversando por mensagem com ele. Nos despedimos e entrei, mas me bateu uma puta tristeza, por que não sei se estou errado ou certo, e gosto muito dele, porém eu sou o tipo de pessoa que quando alguém vacila comigo eu não consigo perdoar facilmente, estou sendo orgulhoso ou estou com a razão? não sei o que dizer só sei que sinto raiva, tristeza e magoa, não tenho amigos e o único que tinha me deixa assim, já me sinto solitário e o único amigo que eu sentia que poderia contar a vida toda e me fazia bem, sinto falta dele, e me decepciona de mais, não sei mais o que pensar.
submitted by FilhodeOdin to desabafos [link] [comments]


2019.04.20 04:05 roybatty_2049 Me sinto completamente desconectado da minha família. Não consigo lidar com como tudo mudou desde a chegada do meu padrasto

Olá, Brasil.
Sou lurker aqui do grupo há um tempo e, no meio de tantos desabafos com os quais esbarro aqui, decidi fazer o meu também. É algo que me deixa envergonhado e só dividi com uma ex-namorada que tive (com a atual nunca comentei) mas que me machuca bastante por razões estranhas. Bem, vou começar pelo fato em si: eu me sinto completamente separado da minha família, que eu vejo hoje como completamente irreconhecível e da qual não consigo me sentir parte de forma alguma. A culpa disso é do meu padastro, que não fez absolutamente nada de errado. Na verdade, ele é um cara bem maneiro, segundo a percepção geral. Até minha. E eu tenho total noção de que essa ausência de qualquer sensação de pertencimento é mais minha do que de qualquer outra pessoa.
Vou contar a história de forma cronológica, para vocês compreenderem.
Minha mãe e meu pai me tiveram bem jovens, ambos tinham 20 e poucos anos. Combinada, a situação financeira dos dois não era ruim. Meu pai e minha mãe passaram para concursos públicos de nível médio com salários de classe média quando tinham 19/20 anos. Como conseguiram essa estabilidade financeira jovens, decidiram casar. Meu pai biológico tinha um emprego melhor, minha mãe tinha um com uma remuneração menor como assistente administrativo.
Só que, quando eu tinha 2 anos (ela 23, ele 25), eles se separaram. Não foi uma separação amigável, na verdade foi bem caótica. Meu pai começou a fazer faculdade de Direito e o acordo na casa foi de que, uma vez terminada a faculdade dele, minha mãe faria um curso superior. Os dois fazendo trabalho + faculdade ao mesmo tempo não tinha condição, até porque tinham um filho.
O problema é que o casamento desandou. Meu pai traiu minha mãe, depois não cumpriu esse acordo de deixá-la fazer faculdade e ficava postergando, arrumando desculpas. Com o diploma de Direito, ele eventualmente conseguiu passar em um concurso bem melhor e com um excelente salário. E se divorciou da minha mãe tão logo recebeu a notícia de que tinha passado no concurso.
Houve um acordo para pensão de forma informal, mas meu pai vivia o descumprindo, atrasava. Dava um jeito de humilhar minha mãe sempre que faria o pagamento. Isso fez com que ela desistisse de cobrá-lo e eu tive uma infância bem braba: mãe trabalhando, dinheiro escasso, meu pai completamente sumido e a família da minha mãe é muito pequena, então tinha pouca gente para ajudar na criação. Minha mãe é filha única, minha vó materna tem uma saúde extremamente frágil já há algum tempo e meu avô materno a abandonou. A família do meu pai e meu pai nunca mostraram interesse na gente, era como se a gente fosse um acidente de percurso.
Minha mãe ganhava pouco, mas ao menos tinha a estabilidade de um serviço público. Por isso, conseguimos morar numa casa que fica na entrada de uma comunidade extremamente violenta na cidade onde vivemos, tinha uma boca de fumo braba a literalmente 200 metros da minha casa. Não dava para brincar na rua nem nada, nem tinha play.
Criança é criança, então na escola até que minha vida era tranquila. Mas, em casa, minha vida era muito ruim. Minha mãe tentava equilibrar o trabalho full-time comigo, então a casa vivia sempre bagunçada, a alimentação era ruim e não havia luxo. Era uma casa de um quarto só, então nem privacidade rolava direito e eu dormia na sala ou com a minha mãe no quarto. Tudo na casa era meio velho e eu sempre tinha a sensação de que morava numa casa inacabada.
Não faltava comida, mas o resto era bem escasso. Ganhava muita coisa de segunda mão, não tive videogame ou PC, não tinha muito programa na rua porque a grana era pouca e no bairro onde a gente morava as opções públicas eram muito ruins. Minha mãe tinha depressão. Na época, eu não entendia, mas hoje fica bem claro para mim. Várias vezes eu via ela chorando antes de dormir, ou sem forças para fazer nada o dia todo. E ela engordou bastante nessa época.
Essa merda toda me fez ter um carinho enorme pela minha mãe. Eu fiz questão de aprender a lavar louça, cozinhar, ir no mercado e na escola sozinho. Já com uns 10/11 anos, eu era mais independente do que muitos amigos que eu tenho hoje em dia. E isso fez a gente ficar muito próximo como mãe e filho. Não vou mentir, a nossa vida era bem triste, humilde e solitária. Mas nós tínhamos um vínculo de proximidade muito forte e eu me sentia na responsabilidade de tirar ela desse buraco, de ajudá-la.
Aí vem o plot twist inesperado, meu padrasto.
Meu padrasto conheceu minha mãe na adolescência, eles foram amigos por uns anos e depois do segundo grau acabaram perdendo contato completamente. Eles se esbarraram por acaso resolvendo problema em cartório. Ele quis se aproximar, os dois começaram a trocar mensagens pela internet (sim, na época inda era Orkut e MSN) e engataram um relacionamento.
Preciso aqui inserir um parêntese para que vocês entendam que tipo de pessoa é o meu padrasto. Estou falando de um cara bem inteligente, com quase 1,90 de altura, forte para caralho e rato de academia, só que mais calmo do que um monge tibetano e bem sucedido financeiramente e profissionalmente (não era ricaço nem nada, mas tinha uma vida bem confortável). Quando ele aparecia para pegar a minha mãe na nossa rua, parecia que um ator de TV tinha aparecido, a vizinhança inteira parava para vê-lo. Eu mesmo ficava chocado com a situação de tão estranha que era.
Até porque a mulher por quem ele estava nitidamente apaixonado era a minha mãe. Uma mulher bem acima do peso, deprimida, com um emprego ferrado e que morava na entrada de uma comunidade, mãe solteira. Não estou falando que ela não merecia ele ou coisa do tipo, mas era uma situação muito peculiar.
Eu sempre ficava esperando que ia dar uma merda muito grande. Que a gente ia descobrir que ele é um agiota (e eu sabia o que era um agiota porque um vizinho nosso se meteu com um e não foi bonito), um bicheiro, um golpista, qualquer coisa do tipo. Mas não. O cara era realmente aquilo tudo.
Quando o relacionamento ficou mais sério, foi a vez da pequena família da minha mãe e seu círculo de amigas no trabalho ficarem apaixonadas por ele. Todo mundo queria saber mais sobre ele, todo mundo queria conhecer e bater um papo, todo mundo queria pegar dicas de exercício e alimentação, todo mundo queria ouvir a opinião dele sobre alguma coisa, política, negócios. Era bizarro, eu acho que nunca vi alguém cativar tanta gente com tanta facilidade antes.
Eu gosto de comparar ele ao Gastão da Bela e a Fera, só que um bom Gastão, obviamente. Todos esses anos com a minha mãe, eu não vi praticamente nada que o desabonasse, muito pelo contrário. Ele ate ajudou muito ela. Ela recuperou a auto-estima, começou a praticar exercícios físicos, emagreceu e parecia ter rejuvenecido. Sério, minha mãe com 35 tinha cara de 50. Minha mãe com 39 tinha cara de não ter 30. Chega a ser chocante ver as fotos (e meio chato começar a conviver com amigos que acham sua mãe gostosa, mas isso é outro problema).
Ele até tentou, de maneira bem tranquila e respeitosa, se aproximar de mim. Eu tava no meio da adolescência e até deixei no começo, mas eu continuava achando quela situação muito estranha, continuava vendo aquilo como uma intrusão. Eu gostava dele, mas tudo parecia meio irreal.
Aí veio a merda: eu passei para uma faculdade em outro estado.
Nesse período de pouca conexão com a minha família, a sensação foi de que essa sensação de estranheza só aumentou.
O sonho do meu padrasto era ter filhos. E eles tiveram duas meninas. Se mudaram para um belo apartamento em um bairro de classe média alta da cidade. Minha mãe abandonou o emprego público dela e passou a administrar uma franquia que ele comprou para ela. E muito disso rolou enquanto eu estava fora. Toda vez que eu voltava para casa, parecia que tinha rolado uma revolução.
Adendo importante aqui: talvez chamem isso de frescura racial, mas vamos lá. Meu pai era negro, minha mãe parda ou morena clara, como preferirem. Eu sou negro. Meu padrasto é branco em outro nível de brancura, as duas filhas que ele teve com a minha mãe são bem brancas também. Pode parecer besteira, mas isso aprofunda ainda mais essa sensação estranha de não pertencimento. Eu me sinto o cara negro que caiu de para-quedas na casa de uma família de comercial de margarina.
E às vezes eu tenho a sensação de que o meu passado não existiu. Todo esse período de infância e boa parte da adolescência - de perrengue, de roupas herdadas de terceiros, de ir num mercado fodido sozinho enquanto minha mãe tava no trabalho, de ter a luz cortada algumas vezes, de nunca sair com os amigos da escola, de ter só minha mãe como companhia, de viver num bairro quebrado - parece que não aconteceu. É algo tão distante que parece um sonho mesmo.
No meio disso tudo, eu voltei para a nossa cidade depois de terminar a faculdade já tem um ano e me sinto completamente não-pertencente a minha casa. Eu mal reconheço a minha mãe (que agora administra muito bem essa pequena franquia, virou crossfiteira e tem uma animação de outro mundo), minhas irmãs me viram pouco até agora porque passei a maior parte do tempo em São Paulo, e meu padrasto, apesar de sempre tentar se aproximar, parece essa figura que "causou" tudo isso.
Eu não sou idiota nem mesquinho, eu sei que ele é um cara maneiríssimo, trouxe felicidade para a minha mãe, ajudou ela a se reencontrar e é bem correto. Mas, ao mesmo tempo, eu tenho sempre a sensação de que ele roubou minha família de mim. Que parte da minha identidade se perdeu quando minha família se tornou algo completamente diferente com o que eu estava acostumado.
Eu me sinto extremamente frustrado de não ver minha família como família, e sim uma mãe que mal reconheço, um padrasto do qual não sou próximo e duas meninas que parecem viver uma vida completamente diferente da que eu vivi e que possivelmente vão passar pouquíssimos perrengues na vida.
O tempo todo, eu só penso em meter o pé de casa, mas sei que isso não vai resolver tudo. Mas eu queria muito ver a minha família como um ninho, como conforto, como um lugar onde você vai quando tá com problema ou para desabafar. Mas hoje eu me sinto completamente desconectado deles, o que me deixa puto, triste, vazio e frustrado.
E o pior de tudo: eu sei que eu estou errado. Mas eu sinto que roubaram a família que eu tinha. E nem preciso dizer que o almoço de hoje em família só aprofundou mais isso.
submitted by roybatty_2049 to brasil [link] [comments]